Thursday, January 16, 2014

"És tu que amas, não é a pessoa que é aquilo que tu amas." Portanto, sou eu que vou deixar de amar e não  a pessoa que vai deixar de ser objecto do meu amor. Ou ambos. Na verdade, sou eu que transporto o sentimento, é meu, está em mim, pertence-me. Cabe-me a mim fazer dele o que entender. E vou fazer.

No comments: