Friday, December 27, 2013

"É nos momentos de crise, que as pessoas se definem." Esta frase ficou comigo, como ficam tantas outras até as deixar aqui, nuas de tanto as pensar.Quem ma disse, sabe do que fala e descobriu pessoas dentro de outras, estranhos, seres nunca antes vistos, em situações de crise. Mas o que é uma situação de crise? E porque temos nós que ter outra pessoa para ser, nessa altura de crise? A que temos não serve? Não tem a coragem suficiente? Porque permitimos então que vivam outras pessoas dentro de nós, por tanto tempo e tão sufocadas? Porque não conseguimos então concentrar tudo aquilo que somos em nós, em nós de verdade e apenas numa só criatura? E eu que sempre procurei essas pessoas, as que lá estão dentro, as do mais íntimo, as do mais verdadeiro. Eu que nunca fechei os olhos a essas pessoas incomodadas dentro de outras e procurei sempre encontrá-las, ouvi-las, compreendê-las, libertá-las.... e isto não foi suficiente. Há quem diga que não podia ter feito mais. Podia, podemos sempre fazer mais, podemos sempre fazer melhor.

No comments: