Friday, February 24, 2012

Humor negro aos oito anos

O avô do R., o melhor amigo lá da escola, morreu de propósito. "Morrer de propóóóóóósito Pai????" Perguntava muito admirado como quem se questionava sobre tamanha barbaridade, "Mas quem é que morre de propósito????", perguntava igualmente admirado. O pai explicou-lhe calmamente que às vezes as pessoas ficam muito, muito doentes, que ninguém repara, começam a andar muito tristes, sem conversar com ninguém, sem querer falar com os amigos e que depois ficam muito, muito doentes e que começam a pensar que morrer de propósito é a única solução, mesmo não sendo. Explicou-lhe ainda que por isso era muito importante conversar com os amigos e com os pais quando nos sentimo tristes. Ele ouviu tudo muito atento, com os olhos muito abertos de admiração, como quem não crê no que ouve e ficou no seu silêncio a compreender o que o pai lhe explicara. Passado algum tempo, já disperso da estranheza que a situação lhe causara, exclama:
- "Aaaaaahhh pois, mas olha, o R, não levou trabalhos para casa....sortudo!!!!!"

E é assim, aos oito anos ainda sobra espaço para tamanha inocência, onde os trabalhos para casa são a pior coisa que nos pode acontecer, muito pior que morrer de propósito!

No comments: