Wednesday, November 16, 2011

Há dez anos atrás....

Não sei se por se aproximar a data do meu aniversário ou não, mas dei comigo a pensar naquelas noites de saídas até às tantas com os meus irmãos, ainda solteiros, e a minha cunhada, que na altura não o era - a mais nova só veio depois :). Naquelas noites em que saímos no mercedes branco a ouvir "Dormia tão sossegada" com o volume no máximo porque o mais velho dizia que íamos ouvir "aquela que ainda ninguém ouviu", para ouvirmos sempre a mesma. Dei comigo a pensar nisto e a sorrir, naturalmente, de saudades e de orgulho de termos passado por lá. Dei comigo a pensar que foi há.....há dez anos atrás! O que me levou a pensar no "cliché" de o tempo passar depressa e ao mesmo tempo a concluir que só passa depressa quando o preenchemos o suficiente para isso. Dez anos é uma vida, das pequeninas. Estes meus pequeninos dez anos estão cheios de bons momentos e recordações como estas e espero que os próximos se mantenham assim. Não estou velha, estou mais conhecedora :) É tudo uma questão de perspectiva e como a minha mãe sempre disse, e pelos vistos já dizia a minha avó (e eu hei-de dizer também porque isto parece que é uma questão familiar!!): Porque é que o Diabo sabe muito? Porque é velho. Afinal a idade não traz só as marcas que se vêm no corpo, traz também as que não vemos, na alma. Há que saber tirar partido disso!