Tuesday, May 31, 2011

Por vezes encontramos pessoas no nosso caminho que sabemos à partida, que mais tarde ou mais cedo, vamos ter que abandonar. E abandonar é mesmo a palavra: vamos ter que deixar de parte e seguir o nosso caminho. São aquelas pessoas que estão demasiado moldadas aos seus próprios interesses, que tudo fazem com um propósito muito particular e que quase já perderam a naturalidade de viver de tão calculistas que são. Hoje fiquei com a sensação que encontrei uma dessas pessoas. A dada altura terei que escolher entre os meus valores, entre aquilo que acredito e defendo como correcto, e um outro interesse que essa pessoa me irá propor. Eu vou negar e vou seguir o meu caminho. Para já, e sem que eu soubesse, trouxe-me coisas boas e inesperadas. Mas eu sei que controlamos muito pouco do rumo da nossa vida e sei que ela vai muito para além do que conseguimos trazer para casa todos os meses, e por isso, vou escolher seguir o meu caminho. Quero ser eu própria e isso nem sempre é fácil quando as influências são no sentido oposto.

No comments: