Friday, March 25, 2011

Só porque sim

Há muito tempo que pensava em fazer voluntariado. Ainda não tinha surgido a oportunidade, ou ainda não me tinha prestado o suficiente para a oportunidade me encontrar. Com os acontecimentos amontoados do final do ano, senti a necessidade de voltar à prática diária do Ioga. Voltei a frequentar as aulas porque não queria começar sozinha, depois de tanto tempo parada. Foi lá que a oportundade surgiu, quando uma senhora de seus 54 anos trouxe as fichas de inscrição da câmara para quem estivesse interessado. Nunca há tempo. Estamos sempre muito ocupados e com muita pressa, mas a verdade é que o tempo é aquilo que fazemos dele, por isso decidi que ia ser eu a decidir o que fazer com o meu tempo e inscrevi-me para voluntariado. Fiquei a saber que este é o ano do voluntariado, a melhor altura para começar, portanto :) Foi tudo muito rápido porque parece que a necessidade é muita. De entre as muitas pessoas que precisam de ajuda, escolhi o apoio a idosos em lares e centros de dia. Hoje fui à entrevista no lar, pequenino e acolhedor. Fiquei a saber que tem apenas 14 idosos, muitos acamados e outros tantos com alzheimer. A ajuda que pedem é, portanto, de cuidados básicos, como ajudar a alimentar os idosos e fazer-lhes alguma companhia. Não foi nisto que pensei quando pensei em voluntariado, mas o erro foi meu em pensar porque pensei do meu ponto de vista - é o egoismo que nos está intrinseco, a nós humanos,  aqui, no seu estado puro. Fiquei de ir lá experimentar, ver como se faz, compreender as necessidades e as rotinas. Não dá para levar o pensamento do "coitadinho" porque senão não duro uma hora; vou estudar estratégias e formas de controlar os sentimentos durante as duas horas semanais que lá vou passar. Vou conhecer-me melhor, conhecer melhor a condição humana, a sua fragilidade e força, e vou certamente crescer muito com tudo isto.
Vou fazer porque é preciso, porque a vida não pode ser só isto, porque se morrermos amanhã temos que deixar alguma coisa em alguém. Vou fazer porque a vida somos nós, todos, e não apenas eu e tu. Não garanto que vá conseguir, mas vou tentar e vou dar o meu melhor, prometo.

3 comments:

Daniel "MacGuyver" Carvalho said...

Muito nobre da tua parte Di.
Boa sorte. Beijo

Littlewar said...

É assim mesmo MQT. Sempre na vanguarda e sempre cheia de coragem e de coração grande. O meu apoio estará sempre presente.

Luis said...

Atitude de louvar.
Parabéns