Monday, October 25, 2010

Ao senhor que na passada sexta-feira me gritou "A menina não bate bem dos neurónios, não????" da janela do carro, em andamento, tenho a dizer que:

- O direito que tenho de circular com a minha bicicleta na via pública, é o mesmo que o seu na sua viatura poluente e barulhenta.
- Os neurónios não batem; se bem que diz que "não bate bem da bola", se bem que diz que "tem falta de neurónios", mas para isso, é preciso ser dotado de alguns, o que já se viu que não é verdade.

Ora o que se passou foi que o senhor não gostou que eu fosse no meio da via, não lhe dava jeito. Pois temos pena. Se a estrada tivesse em condições, eu tinha-me encostado à direita, mas sendo aquela rua uma buraco pegado, e como eu ia cortar à esquerda, tinha que me deslocar no meio da via. E por este motivo ele teve a amabilidade de me gritar estas simpáticas palavras, bem alto, para que todos ouvissem a sua indignação e ainda o fez enquanto conduzia, com a cabeça de fora sem olhar para a frente; por isso não parou na passadeira que estava a escassos metros do local da ofensa. Não, não há educação nem civismo na estrada, mas isso eu já sabia e por este motivo o ignorei, deixei-lhe apenas um olhar de desprezo e agora este post a tantos como ele.

5 comments:

Daniel Non Sense said...

Não ligues ciclista :)
Há gente muito stressada... não comem fibra, é o que é

Di said...

Eu acho que ele come é fibra a mais, mas pelo sítio errado :D ahahahah É muita badalhoquice.........

Luis said...

Nestas situacoes so ha uma coisa a fazer: levantar o braco, cerrar o punho e esticar apenas o dedo medio. :)

Di said...

Pois...mas continuava a ser uma gaija numa bicicleta e ele um troll numa espécie de carro, que por pior que seja, anda sempre mais que a minha bici :)

Carmen said...

Lol...tens que contar estas histórias no café para animar mais o dia! Gostava de ter visto LOLOLOL