Monday, May 31, 2010

Hoje deu-me para

Isto.

E recordar é viver.............lalalalalaaaa!! :)

"Oh Di tás velha" já diziam os Bichos que eu praxei :) ... tou sim senhores!





A cena é que dá para ouvir as musiquinhas lá no site. Giru!

Feeeeeeeeeeeriaaaaaaaaaassss!!!!

E com dores de garganta!......bom, não se pode ter tudo!!!! :D

Tuesday, May 25, 2010

A Igreja

Ora vamos lá a um post polémico.

Não costumo escrever sobre este tema em particular e cada vez discuto menos o assunto. A minha fé, crença, certeza são as mesmas, a minha paciência é que é cada vez menor e a minha sensibilidade parece que cresceu, pelo que as conversas neste sentido acabam comigo a lamentar pela pessoa que não sabe do que fala e que insiste nas "frases feitas", muitas vezes ofensivas para quem está a falar com o coração.

Primeiro que tudo Igreja, significa reunião de cristãos, foi criada com esse intuito. É constituída por humanos, pessoas, como as que escrevem blogues e as que lêem posts como este. Tem uma mensagem a passar, representa a paz, divulga e defende o bem, é verdade e isso distingue-a de tantas outras instituições. Mas também por este motivo se torna, facilmente, alvo de crítica, polémica, atenção e é quase tentador apontar o dedo , dizer que fez mal, que agiu mal. Na Igreja, como em todas as instituições, associações, existe pecado, existe corrupção, existe erro humano e isto não significa que perca o seu objectivo ou que seja menos fiel aos seus ideais. Senão vejamos, não se perde a "fé" no ensino porque há uma professora que fala abusivamente de sexo nas aulas, ou porque um outro professor cometeu um crime; não se vai a correr às escolas retirar as crianças e privá-las de aprender. A verdeira educação está em casa, na família e nos valores que ela nos passa. Abusos, injustiças, mentiras e ofensas vão existir sempre, em todo o lado, e o pior, durante a vida toda....

Frequentar mais ou menos a Igreja não nos torna mais ou menos católicos, embora alguns ainda pensem que sim. A diferença está na fé, no sentimento, no motivo que nos leva lá e não na atitude em si. Não temos que concordar ou defender tudo o que a Igreija faz, mas da mesma maneira que ninguém é humano sozinho, ninguém é católico sozinho; o ser humano vive em sociedade, civiliza-se assim, da mesma forma que o católico deve viver em comunidade, inserido num contexto "religioso". Ninguém tem "a sua fé", como muitos dizem; "eu não preciso de ir à Igreija, rezo aqui em casa porque tenho a minha fé".....é certo que a fé não é uma coisa que se leve a passear à Igreija, ou a mostrar às pessoas, mas como é que se tem "a sua fé"? Está guardada numa caixinha? Existe escondida dentro de nós? Então qual é o objectivo? É ter "uma fé" para cada um de nós? Se não for para partilhar, para reflectir sobre ela, para a utilizar como condutora de uma atitude melhor, mais positiva, mais humana, mais generosa para com os que nos rodeiam.....não tem objectivo! A Igreija deve ser sinónimo de partilha, de reflexão, de busca de paz e se não o é sempre, cabe-nos a nós fazer alguma coisa para que seja diferente, para que seja melhor. Mas o mais fácil, é sempre sentar-se no sofá a apontar o dedo e a dizer mal e isso, também faz parte da condição humana.....

Mas se, por outro lado, vos é assim tão indiferente, não a frequentam, não acreditam, não compreendem.....então fiquem calados na vossa indiferença, evitem julgamentos de valor sobre o que "desconhecem, não acreditam nem compreendem".

Tenho dito.

Wednesday, May 19, 2010

Mas quem?

É que no meio do open-space grita "Vou só ali mandar uma mija e depois já vemos isso...."????

o_O

Thursday, May 13, 2010

Pensamento do ano

"O Benfica ganha o campeonato, o Papa vem a Portugal.....olha, vamos mas é aumentar os impostos que ninguém vai reparar!"


Deve ter sido mais ou menos isto que lhes passou pela cabeça. Eu só tenho pena de não lhes passar assim um TGV pela cabeça. Mas no sentido literal da coisa, passar mesmo ao meio da testa...

Tuesday, May 11, 2010

Ignara

ignaro
(latim ignarus, -a, -um)
adj.
adj.
1. Que não tem conhecimentos, instrução. = ignoranteculto, instruído
2. Que é desconhecido ou ignorado.
3. Que não tem prudência ou sensatez. = imprudente
s. m.
4. Indivíduo estúpido. = idiota, ignorante, parvo



E foi o momento elucidativo do dia. :)

Monday, May 10, 2010

Parece que ganhou

Parece que o Benfas ganhou qualquer coisa de muito importante ontem. Ao ver as imagens na TV ontem, pensava: "E arranjarem uma vida, não?...." E agora a maioria das pessoas que lêem isto, esteve ontem a comemorar....não é? Continuo sem perceber a fixação no futebol.... e cada vez me choca mais....

Thursday, May 06, 2010

41

Aberta a época do casamento, começa também a caça ao "sapatinho" de cerimónia. Isto era bonito, não fosse o sapatinho ter que ser um 41. Na montra são sempre bonitos e mesmo nas prateleiras dentro da loja. Todos arranjadinhos, uns ao lado dos outros, uns por cima, outros de lado e tudo harmoniosamente conjugado com a estação do ano. Bonito. Então, eu escolho um sapatinho elegante, preto, não muito alto (porque a altura já faz parte de mim) e com "algum" ar de confortável. O preço conta, mas como já ando nisto há muitos anos, já sei que não posso ser assim tão exigente. Dirijo-me à senhora que está ao balcão e pergunto gentilmente:

- Boa tarde. Tem este sapato em 41?

E pronto, toda e qualquer gentileza que a pergunta podia ter, morre neste momento, quando a senhora me dirige o olhar, que até agora tinha na caixa registadora ou numa outra caixa de sapatos qualquer, e repete:

- Num 41.....?!?

Como se eu tivesse acabado de lhe chamar um nome muito feio. E neste momento, eu tenho vontade de o fazer. :)
Eu sorrio e digo, "Sim, num 41.....não costuma haver, mas eu pergunto sempre".

E pronto, começa a saga de "Ah 41 já não temos", "Esta marca só faz até ao 40", "Em preto não", "Só tenho este modelo" (que por acaso é salto agulha e não tem nada a ver com o que pedi)......... e é por volta desta altura que uma saída para compras, se começa a tornar num filme de terror, onde a personagem principal é uma menina pézuda que não consegue pôr nada nos pés! :S

Depois de ter corrido todo o mapa de sapatarias que tenho na cabeça, de ter visto muitos sapatos, de ter experimentado alguns, já só quero uns sapatos pretos que me sirvam, já não interessa o preço, o salto, o confortável....eram só mesmo uns sapatos de cerimónia, número 41 sff. o_O

Amiguinhos, casem-se praí todos, sejam muito felizes.....mas fazia muita diferença se eu fosse descalça? :S

Tuesday, May 04, 2010

Mudanças - Parte II

E era isto:


Mas em azul e amarelo, que eu tinha à minha porta. Pois claro que toda a gente ia saber que era meu, afinal é um gato e é balofo, quanto a isso ninguém tem dúvidas!
No passado domingo, ao chegarmos a casa, o felpudo não estava à porta, tinha ido, portanto, à vida dele. Nós lá nos queixámos ao empreiteiro, que era uma vergonha, roubarem um tapete assim.... o senhor não compreendia, e até já estava disposto a comprar-nos um tapete novo, na loja do quê? Gato quê? Isso é onde?.... :)

Eu lá fiz o meu juízo de valor (não que seja costume em mim!!...naaaa...), que o trolha (ou como diz a minha mãe "os funcionários da obra", qual eufemismo à profissão :) ) tinha achado muita graça ao gatinho azul e o tinha levado para oferecer à filha ou à neta.....enfim......não seria assim tão impossível. Resolvi não pensar mais nisso. Mas como o prédio não é grande, a conversa foi passando entre apartamentos e "apareceu" um tapete igual ao meu num qualquer terceiro andar. Tudo bem, era igual ao meu, mas até podia nem ser o mesmo. Mas era. E porquê? Ora porque a estudantada resolveu dar um festão no fim-de-semana e com a bubadeira, deu-lhes pa levarem o gatinho a passear, coitadinho, tão aborrecido que ele ali estava.....! Eu nem vou comentar. Primeiro por me ter lembrado logo do trolha; e depois porque estudantes....nem vou dizer mais nada, já lá vai o meu tempo. Vale tudo.

Gosto desta

Do novo CD de Deolinda, que conto comprar brevemente (por isso não perguntem como já o ouvi todo muitas vezes, senão eu vou ter que responder...), gosto muito desta música:




Do ritmo e principalmente desta frase:

".... Já fui embalada pelo canto da sereia, levei-a para casa, fiz filetes e papei-a...."


Mai nada! :D




Sim, sim, oiço muita música portuguesa, o tuga também tem coisinhas boas!! Mas posso sempre dizer que consumo muita música portuguesa, porque é muito mais erudito....uuuhhh, muda tudo! :)

Mudanças - Parte I

Ora cá estamos em mudanças. Há já algum tempo, devo confessar. Mas é por este mesmo motivo que aqui o cantinho tem estado parado, com um ou outro post "rápido" a aproveitar a net do trabalho :) Sim, sim, não temos net em cada.......os MEOs senhores não foram lá a casa ainda tratar do assunto! Tss, tss....quem é que vive sem internet nos dias de hoje?!?! Eu própria não acreditava que era capaz :D Até que TUDO começou a aparecer por fazer: caixotes em cada canto (ou mesmo onde não há canto....), móveis para montar (ui!), armários para limpar, loiças e serviços (?!) para lavar e arrumar nos móveis que ainda não estão montados (!!)....enfim, não sobra muito tempo para nos sentarmos à frente do pc (e mesmo que quisessemos, não há cadeira no escritório ainda!).
E claro que as visitas a esse GRANDE espaço (IKEA, entenda-se) têm sido mais que muitas! Tantas, que o gaijo já disse que não vai mais "a esse sítio" - que já nem consegue pronunciar o nome! :D Traumas... :) Mas isto para dizer que os gaijos (na sua grande maioria) estão para os móveis do IKEA como o meu afilhado de seis anos está para os Legos :D É vê-los aparafusar e ler as instrucções, martelar aqui, apertar ali, ler novamente as instrucções, apertar mais um pouco, enroscar os pés, subir a prateleira e....voilá! O orgulho do móvel que ele montou, à mesma medida do orgulho do meu afilhado, quando me mostr a última "constUção" que fez com os legos :D A paciência, por vezes, também se assemelha na mesma proporção, e é por isso que uns precisam das gaijas e os outros das avós, para ajudar a terminar a tarefa :)

A melhor parte das mudanças é mesmo quando acabam :D