Wednesday, February 17, 2010

Tira o péééééééé do chãããããããoooooo

Foi assim o Carnaval. Ramboieiro(eiro), divertido, quentinho, alegre, colorido(ido) e muitoooooo animado(ado) entre bons amigos! Isto, claro até às cinco da manhã, quando decidimos visitar o hospital....mas esta parte, comigo, já não é novidade.

A noite estava animada(ada), com 14 pezinhos de palhaço(aço) a dançar na pista (pelo menos da nossa parte!). Muita rambóia(óia), boa disposição, trajes a rigor(or), tudo para correr bem! Quando o DJ anuncia (começa a ser recorrente nas minhas histórias o DJ anunciar coisas sem sentido...) que estavam abertas(ertas) as inscrições para o concurso de máscaras(aras). Mas ninguém ligou, estava tudo divertido(ido) de mais para sair dali. Algum tempo depois(ois) o DJ inicia a chamada para um curto(urto) desfile dos candidatos. Outro tanto tempo depois(ois), ouve-se "E em terceiro lugar, os Palhaços ali no canto esquerdo!!!!"....ora, ninguém se tinha inscrito(ito). E ficámos a olhar uns para os outros, mas lá avançámos(ámos) em direcção à cabine do DJ em ar de festa(esta), a apertar os barulhentos narizes vermelhos(elhos). EEEEEEEEEEEEeeeeeeeehhHHHHHHHHHHHHHHH e eis que surge a vala. Uma vala(ala). Não tinha outro propósito(ito). Um degrau escuro(uro), quase que escondido, entre a pista e a cabine(ine) do DJ. E claro, para cair....estou cá eu! E mais uma vez abalei(lei) degrau fora(ora), torci o pé e lá fiquei no chão a contorcer-me com dores(ores). Nada que não se tivesse visto já. A malta pensou que me estivesse a armar em "Abrunhosa", com "a mania que cai para chamar a atenção"....outros acho que pensaram que seria uma outra forma de comemorar, enrolada no chão....e sorte a minha eles não se terem todos deitado ao meu lado, a apertar os narizes em ar de ramboia....
E é neste momento que já só temos 13 pézinhos de palhaço a comemorar um terceiro lugar de um concurso em que nenhum de nós se tinha inscrito. Aos saltinhos lá chego aos sofás e chega também um senhor com um bigodinho ridículo (que eu quero acreditar que só existia porque era Carnaval) com um saco cheio de gelo (o meu fiel amigo, o gelo!!) e me grita ao ouvido: "Agora, contas 7 minhutos com o gelo no pé. 7 minutos! Estás a contar?? CONTA 7 minutos!! E depois pões o pé no chão, se te doer, vais ao hospital!". E repetia "ESTÁS A CONTAR??". E eu pensei "FDX". E fiquei-me por ali. Claro, fui ao hospital bem antes dos 7 minutos.

No hospital, um quarto de hora depois de chegar e com uma pulseira verde (verde!?!?!??) no pulso, lá chego perto de um médico. E depois é costume: Raio-X, cadeira de rodas, pé inchado, esperar no corredor, médico novamente. Ah e tal....ruptura de ligamentos. Eu bem que estava desconfiada, porque isto de entorces já lá vão muitos anos, de rupturas é que nem por isso. O tratamento não é muito diferente: gelo nas primeiras 24 horas, pomada e ligadura sempre e de quando em vez, posso escaldar o pé em água quente e sal para alivar as dores, nada mais que isso. E a melhor parte: pelo menos 15 dias sem pousar o pé no chão. E mesmo que eu o quisesse pôr no chão.....não conseguia porque o roxinho dói-me, upa upa....

E cá estou, a trabalhar de casa, com as minhas amigas muletas e muita dor no corpinho de andar ao pé-cochinho (nome de guerra :) ).

Portanto, este Carnaval, a parte do "tira o péééééééeéééé do chãããããããooooooo" eu acho que levei demasiado a sério. :|
Valeram-me os amigos (e a garrafeira do pai do Maiscedo!! :p) para o resto do fim-de-semana não ter ficado estragado! Obrigada(ada) a todos e...tira o péééééé do chão(ÃO)!! :)

6 comments:

Daniel Non Sense said...

Pé cochinho, mim grande chefe gostar de teu post.

Enfim, está tudo mais que explicado(ado), sobre ao acidente(ente).

De salientar ainda a parte de serviço público em que informas as pessoas como agir numa situação de ruptura de ligamentos, lindo :)

De resto, desejar-te as melhoras mais uma vez ;)

Di said...

Sabes que eu gosto sempre de informar(ar) as pessoas(oas). Não vão elas(las) depois perguntar(tar) e querer(er) saber tudo(udo). :D

ehehehe

Gostei do nome de guerra sim senhores :) Deu outro sentido a estes dias de saltinhos!

Obrigadinhaassss pela boa disposição, mantém-te fiel ao que és que a malta agradece! :)

Daniel Non Sense said...

A malta(alta) é fixe ;)

Littlewar said...

Eu acho que o momento da noite além do pé coxinho, foi o dono da casa que nos acolheu estar sempre com o "erecto" e ter os seus conhecimentos no Hospital.

Foi espectacular este Carnaval, e os amigos são buedaaaaaa :)

Di said...

Aaahhh essa do "erecto" foi muito boa!!! Ainda bem que o senhor taxista sabia espalhol!!!! :)

Os amigos são do melhor...e são eles que fazem a diferença! :D

PireX said...

AHAHAHAHA...realmente só tu para caires assim de um modo absurdo no carnaval, tss tss tss!!! Ah pois é eu também cai, de um modo absurdo e estúpido e depois disto também vou contar a minha história absurda e estúpida ao mundo...vamos lá então, pronto vai ser no meu cantinho.
Ainda por cima deram-te a pulseira dos "chatos", tipo aquela pulseira que dão à malta que está sempre batida no hospital por qualquer coisinha AHAHAHAAHAH

Amiga fora de brincadeiras, desejo-te as melhoras, a minha queda parece ter sido mais aparatosa, mas já estou recuperado. Mas também eu não tropecei bem em nada, simplesmente estava à beira da falésia e dei um passo em frente LOL.

Beijokas