Tuesday, December 21, 2010

A vida é uma estrada bifurcada

Já cantava o outro. Mas não é. Às vezes é mesmo só uma única estrada e vais nesse sentido com um empurrão que não viste chegar. Quando vês já estás a rebolar, a cair a pique, a sentir as pedras e a areia a baterem-te por todo o lado; e o teu corpo dói, tudo o que é teu dói, mas continuas a cair e não sabes quando vais parar; sentes as nódoas, negras ou não; sentes os ossos que partem, a pele que rasga, sentes o sangue a fugir-te, e continuas a rebolar cada vez mais depressa; proteges a cabeça, a cara, com as mãos que sangram o negro do pó, aquela mistura escura que és tu e a terra ao mesmo tempo. Finalmente páras. À tua volta há uma nuvem escura, um cheiro quente e tudo dói. Tanto. Choras. De dor, de desespero, de revolta, de indignação, de incompreensão, de injustiça......choras como uma criança porque nada depende de ti. E ali estás a sarar as tuas feridas, aquelas que não são só tuas e que não se devem a ti. É isto a vida, é um vale de lágrimas; é dor, sofrimento e mágoa. E o que fazemos com estes sentimentos, só depende de ti. Depende do tempo que demoras a levantar-te, a sacudir o pó, a sarar as feridas, a lamber o teu sangue, a limpar a pele e a estares pronto para a próxima queda. Porque ela vai chegar. A vida é isto e afinal depende de ti.
Dizem-me que sou forte, mas eu não fiz nada para ser. Não sou uma super-mulher, tenho uma super-família que me fez ser assim, forte, segundo dizem. Não sou forte, sou transparente. Choro quando tenho que chorar, e teimo em não chorar quando não tem que ser. Não sou forte, acredito em Deus. Acredito que nada acontece por acaso, que não temos apenas a nossa vida para viver, mas um cruzamento delas, um infinidade que Ele nos permite cruzar e que, se assim é, temos que poder contribuir, temos que conseguir ajudar, temos que ser positivos. Não sou forte sou determinada. Sou persistente quando sei que posso fazer alguma coisa para tornar a tua vida um bocadinho melhor, quando vejo que te posso ensinar alguma coisa, que te posso dar a mão e ser melhor, ainda que tenha que doer um bocadinho. Não sou forte, tenho fé. Tenho fé que a vida não é só isto, não é só agora, não é só o que vemos e o que conseguimos agarrar. Não sou forte, apenas amo incondicionalmente, sem medo, sem esconder que o sinto. Não sou forte, apenas sou eu própria.

Vamos lá a sacudir o pó.

Saturday, December 11, 2010

O velho, o menino e o burro

A sabedoria popular não só é a mais antiga, como maioritariamente, a mais verdadeira. No que toca a ditados, provérbios, dizeres e histórias antigas, a minha MEGA mãe, está sempre muito à frente. Quando me conta uma história ou um dizer antigo, termina sempre com a máxima: "Porque é que o diabo sabe muito?" e a resposta já a sei há muitos anos: "Porque é velho!", embora no caso não se aplique porque, como ela própria me ensinou, "velhos são os trapos". Dados os acontecimentos dos últimos dias, a MEGA mãe voltou a contar a história do velho, o menino e o burro; reza mais ou menos assim:

"
O velho, o menino e o burro iam fazer uma grande caminhada; o velho colocou o menino em cima do burro e partiram. Passaram por um grupo de pessoas que comentaram:

- Ali vai o menino, com boas pernas para andar, em cima do burro; e o velho, a pé!

Ao ouvir aquilo, o velho ponderou e decidiu ir ele em cima do burro e o menino a pé. Mais à frente, encontraram outro grupo de pessoas que comentavam:

- Ali vai o menino, coitadinho tão pequenino, a pé; e o velho em cima do burro!

O velho, ao ouvir aquilo, colocou também o menino em cima do burro, convencido que não haveriam mais comentários. Mais à frente, um terceiro grupo de pessoas:

- Ali vai o animal, coitado, carregado com os alforges, e ainda leva o menino e o burro em cima!

O velho então, agarrou no burro e, com a ajuda do menino, levaram-no às costas. Mais à frente um outro grupo de pessoas comentou:

- Aqueles são tolinhos, levam o burro às costas e vão eles a pé!?!?

"


A moral da história já todos devem ter percebido: façam vocês o que fizerem, nunca conseguem agradar aos outros. E se para uns isto é muito óbvio, para outros nem tanto. Perdoem-me a sinceridade, mas os outros, que vão à merda se não tiverem uma palavra amiga ou um sentimento quente para transmitir.

Tenho dito.

Friday, December 10, 2010

Quero dizer-vos

Obrigada. Por todas as lágrimas, abraços, beijos. Por não terem julgado. Por acreditarem em nós. Por terem sido amigos quando realmente precisámos. Obrigada pela força, coragem e apoio. Obrigada por terem estado lá, independentemente do formato da vossa presença.


Como o meu MEGA pai diz: é a fé que nos salva. E eu tenho fé que sim.

Thursday, November 25, 2010

"Perguntei-le"

É outra que me irrita. Pergun...quê? Perguntei-le? Não te falta aí um 'h' (zinhu) nem nada? Eu trabalho com gente muito estranha.... ou muito pouco preocupada com a forma como se fala e escreve o nosso português. O_O

Tuesday, November 16, 2010

Afinal

Não existem caras-metade. Existem pessoas que na sua singularidade, se amam pela eternidade, amadurecem lado a lado, partilham vidas, geram outras, e constroem momentos perfeitos, plenos de sentimentos sinceros. E isto aprende-se com pessoas com rugas na pele e com mil histórias para contar, de tanto que já viveram.
Ainda bem que este fim-de-semana foi em família, que me trouxe à memória bons momentos de família e me lembrou uma vez mais, que sozinhos não somos nada.
Obrigada aos papás por me trazerem esse calor.

Sunday, November 14, 2010

Peixinhuuuusssss :)

Tenho peixinhos no blogue :) Peixinhos que não morrem, que abanam a cauda quando me vêem e que toda a gente pode alimentar! Isto é que são soluções!! O desafio é ver se estes, à semelhança do que acontece com os não-virtuais, também rebentam de tanto comer! Vamos lá todos alimentá-los "à bruta" :) ahahahaha

Saturday, November 13, 2010

E agora que o Outono chegou

Deixo-vos uma cor mais quentinha :)

Até parece que Outono só chegou agora, não é? Mas é o que se arranja amiguinhos!!! :D


Não sei se já tinha dito, mas sou fã do Google e as suas constantes new features eheheh

Wednesday, November 10, 2010

Nunca vos aconteceu

Não fazerem a pergunta na altura devida, e agora andarem todos a falar num acrónimo que não fazem ponta de idéia do que signifique? O.O

A pergunta vai-me sair na pior altura, eu sei, eu sei....

Tuesday, November 09, 2010

Isso de ter filhos

Numa manhã de brincadeira com o pai, ele pergunta:

- Pai, porque é que tu e a mãe decidiram criar-me?

E fica, com os grandes olhos negros de curiosidade vidrados no pai, à espera da resposta. O pai explicou-lhe que queriam constituir uma família, ter filhos, viver com eles e serem muito amigos. Ele ficou a pensar no que o pai tinha dito por um momento, e pergunta de seguida:

- E não se importaram com o trabalho?

É ternurento. Ele sabe que dá trabalho e reconhece, lá muito à maneira dele, que os pais têm esse trabalho. :)

The Social Network

Até é capaz de ser giro....




Mas não dá a sensação de ser um filme dramático? Tipo "o drama de ter criado o facebook"? Hummmm.....fui ver....

Tuesday, October 26, 2010

Comunicado

"
Em virtude do Orçamento de Estado, houve aumento do IVA de 6% para 23% referente ao leitinho com chocolate que é fornecido pelos estabelecimentos de ensino públicos no pequeno-almoço dos alunos. Por este motivo passa a ser disponibilizado aos mesmos, pela manhã, 1 pacote de vinho PORTA DA RAVESSA que mantêm a taxa de IVA a 13%.
"


Gostei...não fosse eu viver cá e era mesmo muito engraçado O.O

Monday, October 25, 2010

Para quando?

Um recipiente para pôr o milho que encontramos nas pipocas e não conseguimos morder? Isto no cinema, claro! Eu ponho o milho no chão, mas isso incomoda-me :S Junto com o balde das pipocas, deveria vir um baldinho para o milho que não chegou a ser pipoca e que é agora um estorvo para os dentes!

Para a próxima, levo a minha própria galinha........ :/
Ao senhor que na passada sexta-feira me gritou "A menina não bate bem dos neurónios, não????" da janela do carro, em andamento, tenho a dizer que:

- O direito que tenho de circular com a minha bicicleta na via pública, é o mesmo que o seu na sua viatura poluente e barulhenta.
- Os neurónios não batem; se bem que diz que "não bate bem da bola", se bem que diz que "tem falta de neurónios", mas para isso, é preciso ser dotado de alguns, o que já se viu que não é verdade.

Ora o que se passou foi que o senhor não gostou que eu fosse no meio da via, não lhe dava jeito. Pois temos pena. Se a estrada tivesse em condições, eu tinha-me encostado à direita, mas sendo aquela rua uma buraco pegado, e como eu ia cortar à esquerda, tinha que me deslocar no meio da via. E por este motivo ele teve a amabilidade de me gritar estas simpáticas palavras, bem alto, para que todos ouvissem a sua indignação e ainda o fez enquanto conduzia, com a cabeça de fora sem olhar para a frente; por isso não parou na passadeira que estava a escassos metros do local da ofensa. Não, não há educação nem civismo na estrada, mas isso eu já sabia e por este motivo o ignorei, deixei-lhe apenas um olhar de desprezo e agora este post a tantos como ele.

Wednesday, October 20, 2010

Balanço

Terminada a maratona dos oito casamentos e três baptizados, o balanço pode dizer-se positivo. Não na carteira, claro está, mas em boa disposição e "cumbíbio", que é o que mais importa!
O último episódio da saga foi este sábado no fresquinho (literalmente) da Serrrrraa, valeram os amigos para aquecer o coração :) Foi de tal forma quente que resultou nisto, que aqui vos deixo, orgulhosamente, como exclusivo do blogue:



Pois, pois....é certo que o "quentinho" já não era só no coração :)
É assim quando este grupo de (novos) amigos se reúne, há sempre uma guitarra, uma boa recordação, uma gargalhada e com uns rascunhos de memória num guardanapo, se faz uma noite divertida com outros tantos bons momentos para um dia mais tarde recordarmos. Foi bonito e eu sou uma namorada orgulhosa! :)

Foi um bom ano no que toca a casamentos, foram todos o que tinham que ser: a partilha de um momento muito importante na vida dos intervenientes, o começo de uma vida a dois, a reunião daqueles amigos de infância que só se veêm nestas alturas; foram todos bons, mas é certo que fechámos com chave-de-ouro....e que dourada que ela é! :D


P.S. Peninha que a bateria não tenha dado para mais....vamos lá todos fazer o pressing para uma sessão destas com tudo filmadinho, ahn??! :P

Friday, October 15, 2010

Fases

Eu sempre disse que a vida é feita de fases. Continuo a acreditar nas fases. É quase um eufemismo para o que nos dói, para o que nos acontece sem percebermos porquê. Rotular estas situações como "fases" ajudou bastante a não lhes dar tanta importância, a minimizar a pressão de as ter que viver. A isto juntou-se uma idade, pouca, e moderadamente conhecedora do que é sentir, do que é amar, do que é ser verdadeiro. E assim se vencem algumas "fases". Talvez não as tenha vencido, talvez o tempo tenha perdoado e a idade crescido no sentido inverso à impaciência; talvez as tenha compreendido e olhado de frente, sem o medo de se instalarem em mim. As ditas "fases" afinal não se vencem, resolvem ou tão pouco desaparecem, ficam em nós, apenas noutro formato. Não são mais traumas ou más recordações; transformaram-se em passado, em novas características, em pequenos silêncios, em corações mais fortes e mentes mais abertas. É assim que mudamos, é ao passarmos muitas "fases". Afinal as pessoas mudam e não basta o tempo passar por elas. É preciso vivê-lo, mesmo que doa, e manter presente que amanhã não vai doer tanto porque estou mais forte.
Passadas algumas "fases" mais turbulentas, estou em paz. Estou feliz e poderia estar orgulhosa de ter tudo dentro de mim, muitas vezes quase sem me lembrar que já passou.
Já passou.

Aprender

As pessoas são por natureza interessantes na sua essência. Ou isso, ou a nossa natureza é que nos permite acharmo-nos interessantes enquanto seres da mesma espécie. Talvez porque vejamos nos outros muito daquilo que somos, ainda que nem sempre o saibamos. A verdade é que interessantes ou não, somos todos feitos da mesma matéria e por isso a diferença não pode ser assim tanta. De nada vale olharmos o outro com desdém, de nada vale aquele abano de cabeça que censura, aquele revirar os olhos de impaciência, aquele baixar a cabeça de desilusão, de nada vale se não nos virmos a nós próprios do outro lado, se não nos virmos no outro. Porque sejamos sinceros, não fomos nós que cometemos o erro hoje, não fomos nós que falhámos, que desiludimos, que traímos....não fomos nós hoje, mas já o fomos ontem e talvez o sejamos amanhã. E acredito que seja por isso que somos tão iguais na nossa diferença, para que tenhamos a oportunidade de compreender aquilo que está dentro de nós, que nos faz agir, pensar, ser. Daí que seja uma oportunidade, uma hipótese de nos revermos, de nos analisarmos ainda que não directamente, na primeira pessoa, mas em algum reflexo disso mesmo. Aquele que consegue dar o passo seguinte, reconheceu, aprendeu e evoluiu com esta simples observação daquele que está à sua frente, que pode ainda nem fazer parte da sua vida, mas que lhe é tão semelhante como aquilo que habita dentro de nós e que nem sempre sabemos o que é.

É desta matéria que é feita a vida. São passos, aprendizagens, experiências. São lágrimas e por vezes sorrisos. Mas só às vezes.

Thursday, October 14, 2010

Eu sei que já tinha dito




Mas gosto MESMO destes senhores. E este vídeo está assim qualquer coisinha!! Se eu fosse a passar na rua e isto acontecesse, tenho para mim que me apaixonava...pela música, pela música!!! :P

Wanda the Fish says:

You will become rich and famous unless you don't.

Os mineiros

Foram hoje resgatados. Um por um, todos eles venceram os 700 metros que os afastou durante meses do mundo. À sua volta muito trabalho, muita fé, muito apoio, muito esforço para que tudo corresse pelo melhor. A NASA disponibilizou um líquido que evitou aos mineiros os enjoos no percurso até ao reencontro com a luz; o Steve Job ofereceu Ipods a todos os mineiros chilenos (talvez para não se aborrecerem tanto de uma próxima vez!); todos os receberam numa enorme alegria e o Presidente do Chile discursou sobre o resgate, orgulhoso pelo sucesso da operação.

Mas o mais curioso nisto tudo, é que já ninguém se lembra o que originou a tragédia: uma exploração mineira ilegal. E aqui destaco a palavra ilegal (tanto, que o faço por escrito, só porque posso!). Mas isso agora já não interessa nada, porque entretanto o mediatismo, o drama, a tragédia, as audiências sobrepuseram-se à origem do problema, porque agora temos um reality show para seguir todas as noites, que é muito mais interessante do que apurar culpados. Pois claro.


Thursday, October 07, 2010

Haverá?

Coisinha mais original do que sermos nós próprios?

Friday, October 01, 2010

Primeiros novos inquilinos lá em casa


Já se sabe, casa nova, inquilinos novos! E estes são os primeiros a partilharem casa connosco:


São calminhos, não fazem barulho (pelo menos agora que trocámos a bomba!) e não dão muita despesa. Não interagem muito, é certo...pelo menos é o que eu acho, porque o MQT fala com eles quando chega a casa O.O
À noite quando os meninos vão dormir, fica esta tonalidade tranquila para descansarem melhor :)

(Tão tranquila que, agora que adiciono a imagem, noto que quase nem se vê :) )

Sim, sim, os peixes são poucos e pequeninos, mas parece que faz tudo parte da "técnica" que é ter um aquário novo :D Mas isso dos peixes também é um pormenor, o aquário é ou não é, super giro? :D ehehehehe Está tudo aqui.


Wednesday, September 29, 2010

Diz que é uma espécie de categoria

Aos mais distraídos tenho a dizer que o blog tem agora categorias; aos restantes, não tenho nada a dizer, tenham uma santa noite :)

Fazendo um apanhado ao que se tem dito por aqui, quero dizer-vos que:

  • Tenho uma categoria Felpudos, o que só mostra o quão doente eu sou por esses animais amorosos e, lá está, felpudos!
  • Acontecem-me muitas coisas na vidinha
  • Escrevo demasiado sobre trabalho
  • Se calhar as respostas às Grandes Perguntas estão nas Curiosidades
  • Recordo tantas coisas quantas opiniões tenho
  • Sonho muito menos ultimamente (pelo menos com coisinhas tão estranhas)
  • Valeu a pena catalogar só para recordar tantaaa coisinha boa!


Ora, claro que tinha que fazer um post sobre isto. A questão é, em que categoria se insere este post? o_O

Wanda the Fish says:

If you learn one useless thing every day, in a single year you'll learn
365 useless things.

Caiu

Tenho para mim que seria este o nome que o autor do livro Caim lhe teria querido dar, porque realmente parece que lhe "caiu" qualquer coisa, não sei se a capacidade intelectual, se apenas o jeito. O facto é que passagens como:

"Ia, como alguém dirá, decentezinha, embora não pudesse evitar que os seios, soltos, sem amparo, se movessem ao ritmo dos passos. Não podia impedi-los, nem em tal pensou, não havia ali ninguém a quem eles pudessem atrair, nesse tempo as tetas serviam para mamar e pouco mais."

Tiram o encanto ao escritor. Tenho pena. Tenho mesmo.

E eis que

Quando eu estava decidida a tirar o curso de Escrita Criativa.....o senhor me disse que já não havia vagas. Até podia pensar que me devia ter decidido mais cedo, mas nem levei muito tempo a decidir-me, foi mais a increver-me :) Ainda assim, o curso está muito solicitado e informaram-me que mesmo com algumas desistências, fica aquém de haver vagas para todos os que estão em lista de espera. O.O O que me leva a pensar que ou o gaijo é mesmo bom, ou muito se escreve em Portugal e ninguém deu por nada :)

Isto era o meu plano a curto prazo de fazer qualquer coisa "não-informática" que me permitisse socializar com essas pessoas, essa minoria "não-informática"...

Tuesday, September 21, 2010

Mas há pessoas que sabem quantas linhas de código fazem por dia? E fazem disso tema de conversa? O.O

Olha eu faço só uma, escrevo tudo na mesma. E agora?

Thursday, September 16, 2010

"Olha cá"

É outra expressão que me irrita. A mim parece-me uma mistura entre "Olha aqui" e "Anda cá". Sou eu que sou muito picuinhas ou isto é mesmo irritante? O.O

Friday, September 10, 2010

Wanda the Fish says:

Abandon the search for Truth; settle for a good fantasy.


Gostei :)

Wednesday, September 08, 2010

Afinal

É mesmo um mano que está na barriga! A mãe, que o carrega, tinha esperança na menina, para poder pôr lacinhos e vestidinhos, já o pai não porque "as meninas dão mais trabalho quando crescem" :) Quem está radiante com a notícia é o "mais velho" que queria tanto um mano que "fez um pensamento positivo" e como mais ninguém fez, o dele resultou e por isso veio um mano para brincar com ele. :D E lá vamos nós todos embarcar nessa aventura de homens-aranha, carrinhos e corridas, não com um, mas com dois reguilas! Saudável e feliz, assim o esperamos! :)

Monday, September 06, 2010

Mas quem?

É que diz "eu já ligo consigo" ou "eu já ligo com a Sara"....? Mas isto no sentido de tentar dizer "eu já ligo para si" ou "eu já ligo para a Sara"......!! Mas isto constantemente, não é só um engano, é mesmo burrice. o_O E como é que se corrige uma pessoa assim? Ou uma loja inteira de empregados assim?......

Wednesday, August 25, 2010

Sonhei

Este sonho tive-o nas férias, mas era tudo tão claro, que não me sai da cabeça...

Sonhei que ainda morávamos em Pinheiro da Cruz (iiixxx, aos anos!) e que estava em casa com a minha mãe. De repente o céu tornou-se escuro, avermelhado ao mesmo tempo, e eu soube que algo a arder se dirigia àquele sítio, então disse à minha mãe que tinhamos que sair de casa imediatamente. Ora ela (teimosinha a minha mãe, até em sonhos :) ), não queria sair. Entretanto o meu irmão Z. também estava connosco e lá fomos todos para longe. Fomos para o Monte, que se chama assim por ser, obviamente, um sítio mais alto, e de lá assistimos a tudo. Vinha do céu, a arder, uma casa. Uma casa a arder do céu - só mesmo nos meus sonhos! Muito grande e enquanto ardia, girava no céu e descia a uma velocidade cada vez maior. Ainda hoje consigo ver a casa a rodopiar e a arder ao mesmo tempo; via-se bem os contornos da casa, as arestas a arder. Quando a casa por fim atingiu o solo, eis que se levanta um fogo de artifício colorido onde espirravam cores por todo o céu preto, e nós ali, a ver tudo lá do alto.

E foi isto. Sempre muito normais. :)

Tuesday, August 24, 2010

Não me admiro

Que haja alturas em que as pessoas percam a paciência com os computadores e façam coisas como esta. MESMO. Irrita-me software que faz o que lhe apetece. Apetece-lhe roer umas tarefas, rói e uma pessoa que espere. Este Ruwindows tem muita tendência a isso, fazer o que lhe apetece. Só não faz é nada de jeito......

Beirut

O Non Sense mostrou-me isto:



E eu gostei sim senhores! :)

Monday, August 23, 2010

A chover

Quando chove e faz vento, e faz vento e chove, e faz mais vento e chove. Não é bonito andar de bicicleta. Mas eu, acabadinha de chegar de férias, com um sorriso de férias na cara :) e a achar que posso tudo, não só fui de manga curta como ainda levei sandálias (de tiras!!!), e lá fui, muito contente para o primeiro dia de trabalho! Para lá tudo bem, que era de manhã e estava "um bocadinho enublado". De manhã choveu que se fartou, mas à hora de almoço eu pensei que eram só umas pinguinhas......e eram, mas todas juntas molhavam muito. :S

Só uma mentirinha

Durante as férias falámos em ir ao casino, ele não gosta da conversa porque sabe que não pode entrar e pergunta-me porque queremos ir a um sítio onde ele não pode entrar :)

Ele - E o pai vai?

Eu - Vai, vai com o J. e eu e a mãe ficamos contigo.

Ele - E quando é que eu posso ir também?

Eu - Iixx amor....só podem entrar meninos com mais de dezoito anos, ainda falta muito para poderes entrar!

Ele - Oh Madrinha, sabes.....uma vez eu fui andar de mota com o pai, fomos à barragem, sabes?....então, ele disse-me que se aparecesse um polícia, para eu não dizer que tenho seis anos - e abanava o dedo a dizer que não -, para dizer que tinha sete, porque assim já podia andar com o pai na mota que eles não multavam a gente!

Eu - .....Então e queres dizer que tens dezoito???

Ele - Sim!!!!!

Eu ri-me muito.....!

Ele - Oh Madrinha......era só uma mentirinha!!!

:)

Não é porque as pessoas não acreditem que ele tenha dezoito anos em vez de seis, é só porque é uma mentirinha tão pequena......que ninguém ia notar! :D



Aaahhhh e passa sempre tão depressa.....!

Friday, August 06, 2010

De férias

Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.....gora. :D

Fui.

*****

Thursday, August 05, 2010

De bicicleta

Tenho andado preguiçosa no que toca a posts. Não que não haja assunto (isso há sempre!), mas não tem havido vontade - e reparem que já nem digo tempo, estou quase curada do síndroma do "não-tenho-tempo".

Mas o post em que mais tenho pensado é mesmo neste:

Fez a semana passada quatro semanas que venho de bicicleta para o trabalho. :) Sim senhores, sou uma desportista (....ou não)!!! Para aqueles que se riam muito quando eu dizia que, quando mudasse de casa, ia comprar uma bicicleta para vir para o trabalho - aqui têm! São 10 minutos para cada lado e ainda vou almoçar a casa. Feitas as contas são cerca de 12 km por dia, o que na época de saldos passa a 16, quiçá 20 km, com as passagens pelo fórum, lojas.... :) Pois, não é porque se anda de bicicleta que não se fazem as coisinhas normais, como ir às compras, fazer o avio (mais moderado) lá para casa, etc. Claro que para tudo isto, já muni o veículo de um cestinho (tãaaaoooo gaija!) e uns alforges para poder carregar tudo! E depois é ver-me pedalar, pedalar....!

De facto, andar de bicicleta mudou tudo. Mudou a visão da cidade, a temperatura (porque agora em Aveiro está sempre calor, só depende da velocidade com que se pedala!), a actividade física e até a disposição; porque se sente o calor do sol logo de manhã, porque se cheiram as flores e as árvores pelo caminho, porque se ouvem os passarinhos a cantar....é tudo mais natural e mais bonito! :)

As vantagens são óbvias:

- É mais saudável
- É mais barato
- Ajuda a libertar o stress
- Posso estacionar em (quase) qualquer lado
- Tenho sempre estacionamento perto dos sítios onde quero ficar
- Caibo nas ruas estreitas :)

As desvantagens ou coisinhas que às vezes chateiam, também as há:

- Passado um mês ainda me dói o rabinho - sim, sim não é bonito de se dizer mas é verdade!!!
- Transpira-se um bocadinho no início
- Buracos na estrada ou pavimentos em mau estado são um suplício - e isto é sentido no rabinho....
- Ainda não há muito respeito pelos ciclistas na cidade, as pessoas acham que não temos o direito de andar na estrada....

Enfim, como tudo tem vantagens e desvantagens, mas tem valido muito a pena! Enquanto nao chega o Inverno e a elíptica não se muda para a casa nova, o conceito de desporto vai ser este. :)

Morderam-me no olho

Isto dito assim não soa bem, mas não há forma bonita de o dizer....só mais explícita! Já vamos na segunda noite de rambóia com as melgas. Eu queria aqui a dizer a algumas delas, as que estão a ler este post e não as que ficaram esborrachadas ontem em qualquer canto do quarto, para arranjarem uma vida só para elas e não se intrometerem no soninho descansado das pessoas que trabalham. O MQT desistiu de acordar com aquele zzummmmmZZUUUMMMmmmmZZuummm e foi dormir para a sala. A sensação foi de que a melga seria eu o_O Mas como o sono era muito, virei-me para o outro lado, puxei o lençol bem para cima e continuei o meu sono. Hoje acordei com o olho inchado, pelo que a dúvida permanece no ar: será que as amigas melgas foram chamar amigos? Será que foi outro tipo de bicho que me sugou a pálpebra? Será??? Não sei. Mas pelo sim pelo não, hoje fecho a janela ao final da tarde. :S

Thursday, July 29, 2010

Ainda sobre o post anterior...

Depois de termos enumerado várias diferenças entre o cão e o melhor amigo do Homem (o Google, entenda-se), devo dizer que há uma que é comum: ambos buscam. :D

ahahahahaha Não resisti à piadinha fácil! :D

Wednesday, July 28, 2010

Notícia

O cão já não é mais o melhor amigo do Homem. Foi substituído pelo Google.

A todos os fiéis amigos, as minhas condolências.

Friday, July 23, 2010

Será que só eu é que não sabia?

Que o Paulo Gonzo canta coisas como estas:




Fora de Portugal porque diz que cá dentro não tem mercado......eu acho que o esforço era merecido.



That's life, that's what all the people say.
You're riding high in April,
Shot down in May
But I know I'm gonna change that tune,
When I'm back on top, back on top in June.

I said that's life, and as funny as it may seem
Some people get their kicks,
Stompin' on a dream
But I don't let it, let it get me down,
'Cause this fine ol' world it keeps spinning around

I've been a puppet, a pauper, a pirate,
A poet, a pawn and a king.
I've been up and down and over and out
And I know one thing:
Each time I find myself, flat on my face,
I pick myself up and get back in the race.

That's life
I tell ya, I can't deny it,
I thought of quitting baby,
But my heart just ain't gonna buy it.
And if I didn't think it was worth one single try,
I'd jump right on a big bird and then I'd fly

I've been a puppet, a pauper, a pirate,
A poet, a pawn and a king.
I've been up and down and over and out
And I know one thing:
Each time I find myself laying flat on my face,
I just pick myself up and get back in the race

That's life
That's life and I can't deny it
Many times I thought of cutting out
But my heart won't buy it
But if there's nothing shakin' come this here july
I'm gonna roll myself up in a big ball and die
My, My


Frank Sinatra

Monday, July 19, 2010

O sentido da vida

Pedro Paixão disse há dias na rádio algo sobre o "sentido da vida" que me ficou no pensamento. Para ele - que é como quem diz, na sua opinião, o que não significa necessariamente que o cumpra - a vida não tem qualquer sentido, e todos passamos grande parte dela a procurar um qualquer sentido. Quando a maioria das pessoas diz que o importante "é ser feliz", ele diz que a vida não pode depender da felicidade, já que esta não é controlada inteiramente por nós. Dramaticamente deu o exemplo da morte de um filho: "se me morre um filho, como é que eu posso ser feliz?", dizia. Ora é um facto que a nossa felicidade não depende exclusivamente de nós próprios, o que não é o mesmo que dizer que nada podemos fazer para ser felizes, porque podemos. A diferença está na forma como lidamos com o que nos acontece sucessivamente sem o nosso controlo, a diferença está na atitude. Realmente se morrer alguém de quem eu gosto muito, não vou ser a mesma pessoa, não vou ser tão feliz como antes de isso acontecer, mas posso tentar, posso descobrir novas formas de viver, posso inventar um novo "formato" de felicidade. E isto leva-me a outra situação que ouvi relatar na rádio, quando se falava da morte. Num trágico acidente de carro onde estavam cinco pessoas, sendo uma delas uma criança, apenas uma mulher sobrevive. Essa mulher viu morrer o marido, o irmão, a cunhada e a sobrinha. Conta que "reinventou" esse dia na sua vida para que o pudesse "ultrapassar". Conta hoje a história assim: "Nesse dia morremos todos. Chegámos os cinco ao céu e pensámos nos nossos pais, nos nossos amigos, irmãos, tios, primos....em todas as pessoas a quem íamos fazer tanta falta. Decidimos que alguém tinha que voltar para apoiar e consolar os pais que ficavam sem os dois filhos e a neta, os irmãos que ficavam agora sozinhos e toda a família que sentia uma dor enorme. Decidimos que iria o mais forte. E a mais forte era eu." E assim esta mulher reconstruiu a sua vida, transformou aquele dia para criar força dentro dela, para tentar ser feliz. Nunca se ultrapassa, nunca se é a mesma pessoa, mas sendo outra, ainda se pode ser feliz. É nestas pessoas que devemos pensar quando tudo á volta deixa de fazer sentido - se é que alguma fez. É nesta capacidade de "reinventar" a vida que devemos confiar, é em nós mesmos, ainda que nada se mantenha igual, ainda que nada vá de encontro ao que esperamos. Há que experimentar de novo, viver de novo, tentar de novo. Sempre e outra vez.

Ninguém nos disse que a vida ia ser fácil. Pelo menos a mim ninguém me disse. Não conto que seja.

Friday, July 16, 2010

Quando nos sentimos desconfortáveis com determinada situação, a solução é vivê-la mais vezes. Só isso, depois passa.

Wednesday, July 14, 2010

Ahn?!


Quando não são indianos, são chineses...... o_O

Monday, July 12, 2010

Clementudo

É uma ideia muito fixe: uma banda virtual. Eles não se identificam, são bonecos e estão pela net (youtube, facebook, twitter...), afinal é disto que se precisa para fazer um bom som! :P




Diria que só um surdo não ouve aqui Tiago Bettencourt, ou então engano-me porque até os surdos o conseguem ouvir. Os restantes não sei, mas penso que o xô B-Fachada também cá anda, ou isso ou estou só muito viciada nele. É mal dos Bês :)

Thursday, July 08, 2010

Reciclar tem limites

Ora isto do ambiente é muito bonito, e preservar a natureza, e o planeta é nosso amigo, tudo bem....até nos podemos encontrar qualquer dia, por mim tudo bem. Agora, vamos lá usar o bom senso para criar os chamados "ecopontos". Eles são realmente grandes e estão bem localizados. Todos coloridos, pela mesma ordem, lá está o vidrão, o "papelão" e "plasticão". Mas se são tão grandes, porquê terem um boquinha tão pequena??....não era óbvio haver uma mega tampa mesmo ali ao lado para se "atirar" o saco ou o caixote cheio? Não. Ao invés disso ali estamos, ao solinho, cheios de pressa a dobrar os caixotes, as caixas e embalagens, a esmagar tudo muito bem, não vá originar uma congestão ao senhor "papelão".....e o papel nem é o pior, o pior deles todos é o amarelinho que exige todas as embalagens bem dobradinhas para que caibam naqueles 20 cm de porta. Então pousa-se o saco no chão e começa-se a tirar a primeira embalagem, que traz outra agarrada e como o dia até está ventoso, lá vejo os plásticos e as embalagens a voar, cada uma para seu lado. Tento apanhar uma do chão, enquanto empurro a que tenho na mão para dentro da portinhola e às tantas o saco com tudo que tenho para reciclar já vai longe, às cambalhotas pela estrada, ao mesmo tempo que o leite azedo me escorre pelo braço que segura o pacote de leite que tanto queria reciclar......e pronto, começa a sequência interminável de asneiras e de maus dizeres! Mas claro, o ambiente merece. Sabem o que o que ele merece também? Pessoas inteligentes que pensem na usabilidade de um ecoponto antes de o implementar. o_O

Tuesday, July 06, 2010

Fala tu que tens mais jeito

São muito bons e os dois juntos, ainda são melhores! Não sei porque é que não pegou, mas primeiro deixaram o horário nobre e depois passaram-nos para a SicRadical, a roçar o fim de emissão....valeu-nos o xô meo (que é melhor que o teo) e que faz o que a gente manda e gravou tudo direitinho! :)

Thursday, July 01, 2010

Aveiro só tem um defeito: é não ser no Alentejo.

É lá que está o calor, da família e da temperatura no geral....se alguém vir o sol hoje, que lhe mande um abraço meu. o_O

Hoje

Vamos ver e ouvir estes senhores:




No me olvides
yo me muero
Amor
mi vida es sufrimiento
Yo
te quiero en mi camino
Por vos
cambiaba mi destino

Ay,
abrázame esta noche
aunque no tengas ganas
prefiero que me mientas
tristes breves nuestras vidas
acércate a mí
abrázame a ti por Dios
entrégate a mis brazos.

Tengo
un corazón penando
Yo sé
que vos lo está escuchando
Con
mil lágrimas te quiero
Pasión
sos mi amor sincero

Ay,
abrázame esta noche
aunque no tengas ganas
prefiero que me mientas
tristes breves nuestras vidas
acércate a mí
abrázame a ti por Dios
entrégate a mis brazos


E espero mesmo que cantem esta música :)

Mais, vai acontecer neste espaço:




Mágico.....

Friday, June 25, 2010

Alice in wonderland


Vi há pouco tempo o filme e gostei. Fez-me pensar que de quando em vez todos devíamos cair num buraco para viver o nosso sonho.
O filminho é bom sim senhores, só tem o pequeno senão de o gato - que é balofo e risonho! - não ser cor-de-rosa....e isso, muda tudo!!!! :D Mas pronto, o xô Tim gosta mais das coisinhas assim po dark....tudo bem! :)

Thursday, June 24, 2010

O mano

Agora que "vamos ter um mano", tudo é muito mais confuso. Quando fomos de férias, falava-se tanto no mano que ele perguntou desconfiado:

- O mano não vai nascer nas férias pois não...?

:) Não, o mano leva nove meses até nascer, explicámos-lhe. Ele disse que isso era "muitíssimo" e que quando o mano nascesse, ele já tinha um "magalhões" - que é como quem diz, já vai estar na primária!

Depois a mãe enjoa muito e diz que se vomitasse, sempre ficava melhor, mas que não consegue. Ele fica muito espantado e pergunta:

- Mas se tu vomitares, vomitas o mano?

:D Não amor, porque ele não está literalmente na barriga, embora a gente diga que "a mãe tem um mano na barriga".

Ele também gostava mais de ter um mano do que uma mana porque não quer "coisas de miúdas lá em casa"...mas por outro lado, "pode ser que seja uma maria-rapaz" e assim já não era tão mau! :)

Quando se porta "menos bem", insistimos que não pode aborrecer a mãe, que agora tem um mano na barriga; que tem que se portar bem e ser amigo da mãe. O pai chegou-lhe a dizer que se ele se continuasse a portar mal, quando o mano nascesse, tinham que o dar a outro menino, que se portasse melhor. Ao que ele responde prontamente:

- Pai, não o podemos antes vender?


Bom, já não se perdia tudo :) E é este o conceito de mano: dá para brincar, demora muito tempo a nascer e se for para o dar a alguém, mais vale vender, pois claro! :)

E é assim que ele se vai transformando no "mano mais velho".

Gosto

Meloso, mas bom! :)



A letra, a música, as vozes, tudo bom! Gosto!

Tuesday, June 22, 2010

Não sei se já tinha dito

Mas um dia vou escrever um livro. Só para que saibam.

Thursday, June 17, 2010

Que ves?

A música das últimas férias é definitivamente esta:



À primeira vista parece deprimente. Se calhar à segunda também :) Mas como o gostoso tava lá no meio sempre que podia, a malta tinha que gramar a "cosita" o_O


Mini club - Olé, olé, oléééééé (era o grito de "guerra")

Muito bom!

Tão bom que tenho que partilhar: aqui está!

Às vezes não é preciso inovar muito, nem ter grandes idéias, basta acreditar nas pessoas e dar-lhes o devido valor, espaço e reconhecimento. Arrisco mesmo dizer que este seja o principal problema da área de informática. Está tudo muito focado no dinheiro, nos "objectivos", nos exceis e nas estatísticas; anda tudo muito ocupado em cumprir a sua parte, sem se lembrarem que somos parte de um todo e que todos juntos fazemos mais sentido. Esquecem-se que o valor está nas pessoas e que elas podem fazer a diferença. O produto, o dinheiro, a venda, o chefe, por si só, não os levam longe. Mas lá está, nem todos querem ir longe e a grande maioria deles, não sabe onde isso fica :)

Wednesday, June 16, 2010

Pra quê?

Tens que estudar.
Para quê?
Para teres um emprego.
Para quê?
Para teres dinheiro para comprares a tua casa.
Para quê?
Para teres filhos.
Para quê?
Para eles estudarem.
Para quê?
Para terem um emprego.
....


É impressão minha, ou às vezes parece que andamos todos em loop sem saber bem porquê ou "para quê"?? Se não for para nos sentirmos vivos, para gozarmos o que temos, para estar com quem gostamos, de que vale trabalhar muito, ter um bom emprego ou ter muito dinheiro?....
Parece trivial, mas há ainda muita gente a seguir o "protocolo" do "tem que ser" ou do "é assim que se faz", sem correr riscos, sem ousar pensar para além do que lhes foi dito que se fazia ou como se fazia. Vamos lá a acordar para vida, porque os anos passam por todos e amanhã pode ser tarde demais.

Tuesday, June 15, 2010

O que é melhor

Do que um gostoso? São dois gostosos! :)

Então não é que vou ser tia outra vez?! É que "a mãe tem um mano na barriga".... pelo menos ele quer muito que seja um mano, mas vamos todos torcer para que seja uma mana :D O que interessa é que tenha saúdinha da boa! :)

Parabéns aos papás "grávidos"!!

Monday, May 31, 2010

Hoje deu-me para

Isto.

E recordar é viver.............lalalalalaaaa!! :)

"Oh Di tás velha" já diziam os Bichos que eu praxei :) ... tou sim senhores!





A cena é que dá para ouvir as musiquinhas lá no site. Giru!

Feeeeeeeeeeeriaaaaaaaaaassss!!!!

E com dores de garganta!......bom, não se pode ter tudo!!!! :D

Tuesday, May 25, 2010

A Igreja

Ora vamos lá a um post polémico.

Não costumo escrever sobre este tema em particular e cada vez discuto menos o assunto. A minha fé, crença, certeza são as mesmas, a minha paciência é que é cada vez menor e a minha sensibilidade parece que cresceu, pelo que as conversas neste sentido acabam comigo a lamentar pela pessoa que não sabe do que fala e que insiste nas "frases feitas", muitas vezes ofensivas para quem está a falar com o coração.

Primeiro que tudo Igreja, significa reunião de cristãos, foi criada com esse intuito. É constituída por humanos, pessoas, como as que escrevem blogues e as que lêem posts como este. Tem uma mensagem a passar, representa a paz, divulga e defende o bem, é verdade e isso distingue-a de tantas outras instituições. Mas também por este motivo se torna, facilmente, alvo de crítica, polémica, atenção e é quase tentador apontar o dedo , dizer que fez mal, que agiu mal. Na Igreja, como em todas as instituições, associações, existe pecado, existe corrupção, existe erro humano e isto não significa que perca o seu objectivo ou que seja menos fiel aos seus ideais. Senão vejamos, não se perde a "fé" no ensino porque há uma professora que fala abusivamente de sexo nas aulas, ou porque um outro professor cometeu um crime; não se vai a correr às escolas retirar as crianças e privá-las de aprender. A verdeira educação está em casa, na família e nos valores que ela nos passa. Abusos, injustiças, mentiras e ofensas vão existir sempre, em todo o lado, e o pior, durante a vida toda....

Frequentar mais ou menos a Igreja não nos torna mais ou menos católicos, embora alguns ainda pensem que sim. A diferença está na fé, no sentimento, no motivo que nos leva lá e não na atitude em si. Não temos que concordar ou defender tudo o que a Igreija faz, mas da mesma maneira que ninguém é humano sozinho, ninguém é católico sozinho; o ser humano vive em sociedade, civiliza-se assim, da mesma forma que o católico deve viver em comunidade, inserido num contexto "religioso". Ninguém tem "a sua fé", como muitos dizem; "eu não preciso de ir à Igreija, rezo aqui em casa porque tenho a minha fé".....é certo que a fé não é uma coisa que se leve a passear à Igreija, ou a mostrar às pessoas, mas como é que se tem "a sua fé"? Está guardada numa caixinha? Existe escondida dentro de nós? Então qual é o objectivo? É ter "uma fé" para cada um de nós? Se não for para partilhar, para reflectir sobre ela, para a utilizar como condutora de uma atitude melhor, mais positiva, mais humana, mais generosa para com os que nos rodeiam.....não tem objectivo! A Igreija deve ser sinónimo de partilha, de reflexão, de busca de paz e se não o é sempre, cabe-nos a nós fazer alguma coisa para que seja diferente, para que seja melhor. Mas o mais fácil, é sempre sentar-se no sofá a apontar o dedo e a dizer mal e isso, também faz parte da condição humana.....

Mas se, por outro lado, vos é assim tão indiferente, não a frequentam, não acreditam, não compreendem.....então fiquem calados na vossa indiferença, evitem julgamentos de valor sobre o que "desconhecem, não acreditam nem compreendem".

Tenho dito.

Wednesday, May 19, 2010

Mas quem?

É que no meio do open-space grita "Vou só ali mandar uma mija e depois já vemos isso...."????

o_O

Thursday, May 13, 2010

Pensamento do ano

"O Benfica ganha o campeonato, o Papa vem a Portugal.....olha, vamos mas é aumentar os impostos que ninguém vai reparar!"


Deve ter sido mais ou menos isto que lhes passou pela cabeça. Eu só tenho pena de não lhes passar assim um TGV pela cabeça. Mas no sentido literal da coisa, passar mesmo ao meio da testa...

Tuesday, May 11, 2010

Ignara

ignaro
(latim ignarus, -a, -um)
adj.
adj.
1. Que não tem conhecimentos, instrução. = ignoranteculto, instruído
2. Que é desconhecido ou ignorado.
3. Que não tem prudência ou sensatez. = imprudente
s. m.
4. Indivíduo estúpido. = idiota, ignorante, parvo



E foi o momento elucidativo do dia. :)

Monday, May 10, 2010

Parece que ganhou

Parece que o Benfas ganhou qualquer coisa de muito importante ontem. Ao ver as imagens na TV ontem, pensava: "E arranjarem uma vida, não?...." E agora a maioria das pessoas que lêem isto, esteve ontem a comemorar....não é? Continuo sem perceber a fixação no futebol.... e cada vez me choca mais....

Thursday, May 06, 2010

41

Aberta a época do casamento, começa também a caça ao "sapatinho" de cerimónia. Isto era bonito, não fosse o sapatinho ter que ser um 41. Na montra são sempre bonitos e mesmo nas prateleiras dentro da loja. Todos arranjadinhos, uns ao lado dos outros, uns por cima, outros de lado e tudo harmoniosamente conjugado com a estação do ano. Bonito. Então, eu escolho um sapatinho elegante, preto, não muito alto (porque a altura já faz parte de mim) e com "algum" ar de confortável. O preço conta, mas como já ando nisto há muitos anos, já sei que não posso ser assim tão exigente. Dirijo-me à senhora que está ao balcão e pergunto gentilmente:

- Boa tarde. Tem este sapato em 41?

E pronto, toda e qualquer gentileza que a pergunta podia ter, morre neste momento, quando a senhora me dirige o olhar, que até agora tinha na caixa registadora ou numa outra caixa de sapatos qualquer, e repete:

- Num 41.....?!?

Como se eu tivesse acabado de lhe chamar um nome muito feio. E neste momento, eu tenho vontade de o fazer. :)
Eu sorrio e digo, "Sim, num 41.....não costuma haver, mas eu pergunto sempre".

E pronto, começa a saga de "Ah 41 já não temos", "Esta marca só faz até ao 40", "Em preto não", "Só tenho este modelo" (que por acaso é salto agulha e não tem nada a ver com o que pedi)......... e é por volta desta altura que uma saída para compras, se começa a tornar num filme de terror, onde a personagem principal é uma menina pézuda que não consegue pôr nada nos pés! :S

Depois de ter corrido todo o mapa de sapatarias que tenho na cabeça, de ter visto muitos sapatos, de ter experimentado alguns, já só quero uns sapatos pretos que me sirvam, já não interessa o preço, o salto, o confortável....eram só mesmo uns sapatos de cerimónia, número 41 sff. o_O

Amiguinhos, casem-se praí todos, sejam muito felizes.....mas fazia muita diferença se eu fosse descalça? :S

Tuesday, May 04, 2010

Mudanças - Parte II

E era isto:


Mas em azul e amarelo, que eu tinha à minha porta. Pois claro que toda a gente ia saber que era meu, afinal é um gato e é balofo, quanto a isso ninguém tem dúvidas!
No passado domingo, ao chegarmos a casa, o felpudo não estava à porta, tinha ido, portanto, à vida dele. Nós lá nos queixámos ao empreiteiro, que era uma vergonha, roubarem um tapete assim.... o senhor não compreendia, e até já estava disposto a comprar-nos um tapete novo, na loja do quê? Gato quê? Isso é onde?.... :)

Eu lá fiz o meu juízo de valor (não que seja costume em mim!!...naaaa...), que o trolha (ou como diz a minha mãe "os funcionários da obra", qual eufemismo à profissão :) ) tinha achado muita graça ao gatinho azul e o tinha levado para oferecer à filha ou à neta.....enfim......não seria assim tão impossível. Resolvi não pensar mais nisso. Mas como o prédio não é grande, a conversa foi passando entre apartamentos e "apareceu" um tapete igual ao meu num qualquer terceiro andar. Tudo bem, era igual ao meu, mas até podia nem ser o mesmo. Mas era. E porquê? Ora porque a estudantada resolveu dar um festão no fim-de-semana e com a bubadeira, deu-lhes pa levarem o gatinho a passear, coitadinho, tão aborrecido que ele ali estava.....! Eu nem vou comentar. Primeiro por me ter lembrado logo do trolha; e depois porque estudantes....nem vou dizer mais nada, já lá vai o meu tempo. Vale tudo.

Gosto desta

Do novo CD de Deolinda, que conto comprar brevemente (por isso não perguntem como já o ouvi todo muitas vezes, senão eu vou ter que responder...), gosto muito desta música:




Do ritmo e principalmente desta frase:

".... Já fui embalada pelo canto da sereia, levei-a para casa, fiz filetes e papei-a...."


Mai nada! :D




Sim, sim, oiço muita música portuguesa, o tuga também tem coisinhas boas!! Mas posso sempre dizer que consumo muita música portuguesa, porque é muito mais erudito....uuuhhh, muda tudo! :)

Mudanças - Parte I

Ora cá estamos em mudanças. Há já algum tempo, devo confessar. Mas é por este mesmo motivo que aqui o cantinho tem estado parado, com um ou outro post "rápido" a aproveitar a net do trabalho :) Sim, sim, não temos net em cada.......os MEOs senhores não foram lá a casa ainda tratar do assunto! Tss, tss....quem é que vive sem internet nos dias de hoje?!?! Eu própria não acreditava que era capaz :D Até que TUDO começou a aparecer por fazer: caixotes em cada canto (ou mesmo onde não há canto....), móveis para montar (ui!), armários para limpar, loiças e serviços (?!) para lavar e arrumar nos móveis que ainda não estão montados (!!)....enfim, não sobra muito tempo para nos sentarmos à frente do pc (e mesmo que quisessemos, não há cadeira no escritório ainda!).
E claro que as visitas a esse GRANDE espaço (IKEA, entenda-se) têm sido mais que muitas! Tantas, que o gaijo já disse que não vai mais "a esse sítio" - que já nem consegue pronunciar o nome! :D Traumas... :) Mas isto para dizer que os gaijos (na sua grande maioria) estão para os móveis do IKEA como o meu afilhado de seis anos está para os Legos :D É vê-los aparafusar e ler as instrucções, martelar aqui, apertar ali, ler novamente as instrucções, apertar mais um pouco, enroscar os pés, subir a prateleira e....voilá! O orgulho do móvel que ele montou, à mesma medida do orgulho do meu afilhado, quando me mostr a última "constUção" que fez com os legos :D A paciência, por vezes, também se assemelha na mesma proporção, e é por isso que uns precisam das gaijas e os outros das avós, para ajudar a terminar a tarefa :)

A melhor parte das mudanças é mesmo quando acabam :D

Friday, April 30, 2010

É já no dia 7, em Ílhavo. :)

Thursday, April 29, 2010

No elevador

A porta fecha, mas como o elevador é dos antigos, não há por dentro outra porta que feche. Então eu aviso o gostoso para não pôr ali as mãos, nem se chegar muito perto da porta porque é perigoso e pode magoar-se.

Eu - "Olha, quando a Madrinha era da tua idade, partiu um dedo do pé num elevador assim...."
(eu e os meus pés grandes....!)

Ele olha-me com uns olhos muito abertos e num suspiro tapa a boca com as mãos e depois exclama:

"E já voltou a crescer???"

:D

O tempo

Parece ser o culpado de tudo e eu acho que é porque ele não se queixa.
Curioso que quando há umas semanas atrás chovia, toda a gente dizia que "melhorava" daqui por uns dias, "lá para quarta ou quinta já dão melhoria", diziam. Ontem, com os trinta graus que algumas cidades registaram de temperatura, ouvia-se dizer que "lá para sexta já fica melhor", que é como quem diz que já arrefece no final da semana.....eu acho que foi por isso que este dia começa assim cinzento, pela insatisfação das pessoas! Melhora porque vai ficar mais quente, melhora porque vai ficar mais frio. Está muito calor, está muito frio. A chuva já enjooa, o sol já não se aguenta. :S Então?? Mas querem o quê? Parece que faz parte da condição humana ser insatisfeito. E por falar nisso, para quando o solinho outra vez???

Wednesday, March 31, 2010

A moda agora é viver em "comunhão de facto".....que fica ali entre a Comunhão de Bens e a União de Facto. É daqueles pregos que parecem cavilhas. :)

Tuesday, March 30, 2010

Curiosidades


Sobre os amarelos :)





É gay.

O Ricky Martin é assumidamente gay. E depois? Porque é que isto tem que ser notícia no telejornal da manhã? o_O

Thursday, March 18, 2010

Charme

"Se funcionares dou-te um beijinho" nunca resultou com código Java.....mas eu vou tentando........ :S

Friday, March 12, 2010

Por isso vem

Como eu já disse uma vez (porque tenho que dizer!), este senhor é pouco simpático com o público. Seja num concerto de uma Queima das fitas em que pouca gente o está a ouvir, como numa sala acolhedora com um concerto "íntimo".....não é simpático, pronto! Mas nem todos temos que o ser :) e como o senhor tem umas músicas porreiras e uma voz um tanto ou quanto doce....vou continuar a sacas os ábuns dele da net, como se não houvesse amanhã! Aaaahnnn, quem é amiga, quem é??? :D

Enfim, comentários à parte, isto está muito bom:



Se cuidas de mim eu…
eu cuido de ti também
Dentro da minha mão
eu guardo-te bem
Se amarmos do principio
se perdermos tudo outra vez
vou marcar-te bem
como um sonho vão
dentro da minha mão

Se cuidas de mim
eu cuido de ti também
Se vens em paz
eu venho por bem
Se formos bebendo o chão deste caminho
vou guardar-te bem
agora que sei
que não vou sozinho.

por isso vem…
Há uma praia depois sombra
uma clareira para iluminar
Há um abrigo no meio das ondas
tudo é caminho para iluminar
Por isso vem.



Ou estou só cada vez mais lamechas? o_O Não vou pensar nisso por agora, gosto e pronto......

Friday, March 05, 2010

"...E se a conversa os põe em perigo, ele ri-se muito e triunfante, diz-lhe "é bom ser teu amigo, mas igualmente bom ser teu amante"... "

Cantiga de Amigo, B-Fachada




É bom de se dizer a alguém....
eu acho!

Tuesday, March 02, 2010

Consolo

Ao telefone:

Ele - "Tás minhole Madinha??...."
Eu "Sim, estou um bocadinho...."
Ele - "Olha Madinha....mas se fosse uma corrida ao pé-cochinho, tu ganhavas!!!"

E é assim que ele me consola....eu fiquei profundamente mais consolada, e divertida! :D Afinal, ainda consigo ganhar alguma coisa!!!! :P

Coisinhas originais

Aqui. Gostei particularmente desta:



:) Geek.

Friday, February 26, 2010

Mágico

Não sei se foi do cochinho, ou se por as teclas direccionais do meu telemóvel terem deixado de colaborar e, ultimamente, já só conseguir fazer chamadas com ele fechado, mas comprámos este:



(Não sei se já tinha dito, mas sou fã da Goooooogle :) )

Agora ao meu googlino só lhe falta uma capinha branca, uma pochete cor-de-rosinha ou roxinha (ainda não sei bem...) e, vóila: um telemóvel de gaija! :D Agora já não há seca que chegue para mim, já nada me aborrece com o meu mágico por perto! eheheheh

Isso de escolher entre as unhas e o telemóvel.....é que já não vai dar! Há prioridades, e ser gaija é uma delas! :D

Apetece-me

Cozinhar. Sim, sim....tenho saudades! Isso do "Ah agora têm que te fazer tudo, é só fazer as vontadinhas à menina"....ja mete um bocado de nojo :S Não fui feita para estar parada....e mesmo ao pé cochinho, lá vou fazendo qualquer coisinha...mas estar na cozinha, fazer um ravioli com cogumelos e molho branco, um cheesecake na Bimby, servir um jantar aos amigos e beber um vinhinho tranquilo...disso, tenho saudades! Enfim, "é ter paciência", dizem....

Nas nuvens

Gosto :)

Friday, February 19, 2010

Tenho tendência, mas não assim tanta.....

Ao telefone:

O meu gaijo - "Então.....?"
Eu - "Então o quê?....."
Gaijo - "Tavas offline....pensei que tivesses caído...."

E ouve-se uma gargalhada monstra por trás....

Eu - "Sim, caí pró lado e fiquei offline...." :)
Gaijo - "Então....só tás com um pé...."

Pois só tenho um pézinho no chão, mas.....vamos lá ver......também não ando sempre a cair....!!! :S



E sim, a minha vidinha estes últimos três dias tem-se resumido a pouco mais que isto....

Wednesday, February 17, 2010

Tira o péééééééé do chãããããããoooooo

Foi assim o Carnaval. Ramboieiro(eiro), divertido, quentinho, alegre, colorido(ido) e muitoooooo animado(ado) entre bons amigos! Isto, claro até às cinco da manhã, quando decidimos visitar o hospital....mas esta parte, comigo, já não é novidade.

A noite estava animada(ada), com 14 pezinhos de palhaço(aço) a dançar na pista (pelo menos da nossa parte!). Muita rambóia(óia), boa disposição, trajes a rigor(or), tudo para correr bem! Quando o DJ anuncia (começa a ser recorrente nas minhas histórias o DJ anunciar coisas sem sentido...) que estavam abertas(ertas) as inscrições para o concurso de máscaras(aras). Mas ninguém ligou, estava tudo divertido(ido) de mais para sair dali. Algum tempo depois(ois) o DJ inicia a chamada para um curto(urto) desfile dos candidatos. Outro tanto tempo depois(ois), ouve-se "E em terceiro lugar, os Palhaços ali no canto esquerdo!!!!"....ora, ninguém se tinha inscrito(ito). E ficámos a olhar uns para os outros, mas lá avançámos(ámos) em direcção à cabine do DJ em ar de festa(esta), a apertar os barulhentos narizes vermelhos(elhos). EEEEEEEEEEEEeeeeeeeehhHHHHHHHHHHHHHHH e eis que surge a vala. Uma vala(ala). Não tinha outro propósito(ito). Um degrau escuro(uro), quase que escondido, entre a pista e a cabine(ine) do DJ. E claro, para cair....estou cá eu! E mais uma vez abalei(lei) degrau fora(ora), torci o pé e lá fiquei no chão a contorcer-me com dores(ores). Nada que não se tivesse visto já. A malta pensou que me estivesse a armar em "Abrunhosa", com "a mania que cai para chamar a atenção"....outros acho que pensaram que seria uma outra forma de comemorar, enrolada no chão....e sorte a minha eles não se terem todos deitado ao meu lado, a apertar os narizes em ar de ramboia....
E é neste momento que já só temos 13 pézinhos de palhaço a comemorar um terceiro lugar de um concurso em que nenhum de nós se tinha inscrito. Aos saltinhos lá chego aos sofás e chega também um senhor com um bigodinho ridículo (que eu quero acreditar que só existia porque era Carnaval) com um saco cheio de gelo (o meu fiel amigo, o gelo!!) e me grita ao ouvido: "Agora, contas 7 minhutos com o gelo no pé. 7 minutos! Estás a contar?? CONTA 7 minutos!! E depois pões o pé no chão, se te doer, vais ao hospital!". E repetia "ESTÁS A CONTAR??". E eu pensei "FDX". E fiquei-me por ali. Claro, fui ao hospital bem antes dos 7 minutos.

No hospital, um quarto de hora depois de chegar e com uma pulseira verde (verde!?!?!??) no pulso, lá chego perto de um médico. E depois é costume: Raio-X, cadeira de rodas, pé inchado, esperar no corredor, médico novamente. Ah e tal....ruptura de ligamentos. Eu bem que estava desconfiada, porque isto de entorces já lá vão muitos anos, de rupturas é que nem por isso. O tratamento não é muito diferente: gelo nas primeiras 24 horas, pomada e ligadura sempre e de quando em vez, posso escaldar o pé em água quente e sal para alivar as dores, nada mais que isso. E a melhor parte: pelo menos 15 dias sem pousar o pé no chão. E mesmo que eu o quisesse pôr no chão.....não conseguia porque o roxinho dói-me, upa upa....

E cá estou, a trabalhar de casa, com as minhas amigas muletas e muita dor no corpinho de andar ao pé-cochinho (nome de guerra :) ).

Portanto, este Carnaval, a parte do "tira o péééééééeéééé do chãããããããooooooo" eu acho que levei demasiado a sério. :|
Valeram-me os amigos (e a garrafeira do pai do Maiscedo!! :p) para o resto do fim-de-semana não ter ficado estragado! Obrigada(ada) a todos e...tira o péééééé do chão(ÃO)!! :)

Tuesday, February 09, 2010

Parabéns ao meninuuuuuuuu



Que já tem 28 aninhos.....iixxxxx tão velhinhuuuu, tão senhor de idade, tãoooo crescido.....e tão como o vinho do Porto, mas sem a parte da ressaca :)

E quem tem ideias monstras para prendinhas geeks e amorosas ao mesmo tempo, quem é, quem é?? :D O bolo foi um sucesso e não sendo a única prendinha, foi sem dúvida a mais apreciada (ou pelo menos por mais tempo!).

Aqui vos deixo o registo do momento:





Foi tranquilo, foi amoroso, foi em família e em parte entre amigos. Já não é a ramboia de outrora....mas podia! Para isso ficou o Carnaval :)



E embora eu seja uma pessoa muito prendada :D há limites, e não fui eu que fiz o bolo (obviamente!). Por isso aqui vos deixo o site da artista.




Monday, February 08, 2010

Wednesday, February 03, 2010

Menopausa

"É quando a cegonha que traz os bebés é abatida a tiro por caçadores bêbedos..."

by Homer Simpson.

Tuesday, February 02, 2010

Diz que está podre

Já fazia algum tempo que não ia a um Otorrinolaringologista (essa grande palavra!) e depois de ter tido consulta com este senhor em particular, fiquei mesmo com a certeza de que mais valia não ter ido. A gracinha começou logo com os quinze minutos de espera (de atraso!) e prolongou-se com o mastigar incessante da pastilha elástica que o doutor tinha na boca (eu diria que há mais de três semanas, pela forma teimosa como a mordia).
Aos primeiros cinco minutos de consulta, já estava a fazer uma "chamadinha" a uma paciente, para "lá ir buscar o aparelho para fazer o exame". Quando finalmente olhou para mim, e depois da típica pergunta "então, o que a traz por cá?", passámos à examinação. Foi então que o senhor me fez lembrar um qualquer anão da Branca de Neve, ao atarrachar na cabeça uma tira de metal que segurava uma luzinha brilhante, qual mineiro trabalhador! E começou então a espreitar para dentro da minha garganta, com o acompanhar do já conhecido "aaaaaaaahhhhhhh", e de língua de fora. Foi então que exclamou "Iiiihhhh, as suas amígdalas.....isso tá tudo podre aí para dentro..." e mascava, mascava a sua pastilha, essa sim, já podre de tão mastigada. Ora......o que se responde a um comentário destes? O que se pensa sobre uma criatura destas? E como se deixa esta "pessoa" estar a trabalhar assim, directamente com pessoas que estão ali porque algo lhes dói, incomoda ou preocupa? Mas que sensibilidade extrema! Assim vale a pena. :S Pois eu limitei-me a perguntar o que aquela mente iluminada queria dizer com aquilo, e ele lá explicou. Conclusão: é melhor fazer umas análises; o costume. Eu fiz, e ao que parece, está tudo ok. Devo ter apanhado o senhor num dia mau. Ou então é mesmo e sempre assim..... que é uma peninha, porque à falta de certezas, nunca mais lá ponho os pés. :)

E sim, sim....sou a favor dos cotonetes, e depois??!? Sim aos cotonetes, não à comichão nos ouvidinhos!!! Tenho dito.

Há dias que é mesmo assim.....

Wednesday, January 27, 2010

Devia haver uma lei que fosse justa com os estúpidos:

"Lamentamos, mas você é demasiado estúpido para trabalhar connosco. Por lei, somos mesmo obrigados a despedi-lo."

E mais, ficava anotado no CV qualquer coisa como: "Sou profissionalmente estúpido e gosto". E pronto, ao menos todos sabíamos com o que contar.


Podíamos ir mais longe e distribuir autocolantes para colarem na testa: "Eu sou estúpido e gosto." :)

Tuesday, January 26, 2010

Surpresaaaaaa!

Era para ter sido surpresa....não fosse eu chegar atrasada! O costume, até aqui nada de novo. O que é novidade é que o gaijo estranho :) vai trabalhar para fora de Portugal (até já sabe que vai para a Holanda) e a malta do "ano" - ou os fixórios que sobraram - resolveram fazer um almoço/tarde/convívio/jantar/cena surpresa. E foi uma grande surpresa! Foi uma surpresa para ele, porque não estava desconfiado de nada e para nós que nunca pensámos juntar tanta gente. Foi, como sempre, muito divertido....e é incrível como, passados tantos anos, ainda nos conseguimos sentir em casa uns com os outros, ainda nos consideramos família, ainda confiamos uns nos outros como há oito (?) anos atrás....iixxxx.....oito anos.....tamos velhos pessoal! :)
E assim se passou um dia e uma noite impecáveis. Com um bom vinho, boa música, uma cidade bonita e com a melhor das companhias. Histórias vamos ter sempre, como a primeira do Tali, ou aquela em que o Vozeirão foi ter à ambulância e não sabe como, ou mesmo a última do Moska (que esse tem sempre uma última....), aquela em que menino que vai para fora adormeceu dentro do carro, ja estacionado e acordou assim com um cheiro....desagradável, vah! E sim, sim, aquela em que eu fazia 18 anos e à 1h da manhã estava em casa, pronto, pronto..... :) Mas também temos os momentos de trabalho (árduo!)...eeerrrr....mas esses não são tão divertidos!

Incrível, adorei! Assim vale a pena...vale, aliás, a galinha toda! É fantástico ter amigos como vocês!



E venha o próximo, que a Queima há-de ser sempre nossa!

Tuesday, January 19, 2010

Sou só eu....ou o facebook não tem uma interface tão userfriendly quanto isso? :|

O próximo

O próximo TEM que ser este:


Que este ano chegou em ar de presente de Natal, através de um email de um GRANDE amiguinho que ao ver o balofo peludo, de laçarote cor-de-rosinha, se lembrou.....de mim. (Sim, sim eu também achei muito estranho :P )

E em 3D o felpudo vai parecer ainda mais BA-LO-FO :)

Tou desejosa!

Vamos lá ao post do Avatar


Ser humano que se preze já viu o filme. Ser humano que se preze, escreve um post sobre o filme. E cá estou eu, a cumprir com a tradição. :) A verdade é que fui ver um "filme com bons efeitos especiais" e vi um filmaço....é serio! Fiquei surpreendida, mas achei o filme mesmo BOM. Com uma história envolvente, não explicitamente violento (o que já é raro...) e com uns efeitos especiais bem aplicados, não muito excessivos....bom. Ir ver ao cinema ajuda, diga-se. E com o 3D ainda mais. Mas gostei e por isso aconselho. :)

Agora ponham os óculos e vamos ao trailler :)




E agora vejamos porque é que todas as azuiszinhas que lá andam aos saltos, têm uma copa A no seu menor número: pois é certo que são todas magrinhas e saltitonas, que fazem (quase) tudo o que um azul macho faz....e será que dava mesmo jeito andar a correr com uma peitaça à solta? Cada uma para seu lado, para cima e para baixo, a roçar o queixo, os olhos, depois o umbigo, os braços.....hummmm.....não era uma imagem simpática, acreditem. E era assim que o 3D se tornava um pesadelo. Por isso deixem de sonhar com a Joli a 3D porque assim se vê (ou não) que a Lara Croft só mesmo com um bom soutien.



P.S. Tou velha pa xuxu.....

Monday, January 18, 2010

A semana passada foi assim....


No site onde os nossos colegas indianos (também conhecidos por Indis) disponibilizam as novas versões das aplicações que partilhamos, está esta imagem. Que por si só, diz tudo. :)
Portanto, quando há coisinhas novas dos xôs Indis pa instalar....já se sabe que é de ficar em pânico. E foi o que aconteceu a semana passada: muitas horinhas a corrigir coisinhas que já deviam funcionar, muitos "HotFixes" e patchs por cima de HFs, e instalar e apagar e volta a instalar.....e nada funciona. Assim está bem. Parece que se aproxima uma semana idêntica, mas com um ritmo mais calmo, afinal, já sabemos que não vai funcionar. Eu não me vou chatear. Prometo. o_O

Sunday, January 17, 2010

E pronto, Ano Novo, template do blog novo :)

Espero que gostem da árvore do amoooooooooreeeeeeeeeeeee :) Que dito assim é muito mais lamechas, mas achei por bem começar este ano cibernético com uma plantação dele...pode ser que pegue! :)

Muito amor para todos, que é o mais importante!


O que eu gostava mesmo de escrever era: ano novo, casa nova....mas tá difíciiiiiillllllllll...........

Também foi Passagem

Curioso que para além de ter sido Natal, também foi Passagem de Ano....parece que o ano passado também foi assim. :)

No final da noite jogou-se às pombas (láááaAAAAAAAAAAAAAAaaaaaaaaAAAAAAAA vai uma, lá vão duas, três pombinhas a voar....) com Casal Garcia e mais não digo. :)

Foi uma grande noite, sem grandes expectativas e talvez por isso tenha sido a melhor passagem dos últimos três anos. Parece que desta vez é que vai ser. Um ano tranquilo. São os meus votos para este ano, tranquilidade, coisas B-O-A-S, alegria, boa disposição, saúdinha, sim senhores porque sem ela é que não há mesmo nada para ninguém....!!

E pronto ainda posso dizer: FELIZ ANO NOVO


EEEEEEEEEEEEEeeeeeeeeeeeeeeeeeehhhhhhhhhhhHHHHHHHHHHHHHHHH

Foi Natal

E já foi Natal.....passou despercebido. Acho que este ano, até as iluminações natalícias foram mais discretas. As ruas estavam menos luminosas, as pessoas mais apressadas, o espírito menos presente. Talvez se torne um hábito, o Natal. Qualquer coisa mais mecanizada que sentida. Ou então absorve-se cada vez mais na pressa de comprar os presentes ou na preocupação de esquecer algum. O Natal está dentro de cada um de nós e manifesta-se na forma como transmitimos o que significa, aos outros. Nesse sentido, este Natal foi preenchido. De mimos, sorrisos, alegrias, família, tranquilidade, partilha... foi pleno.

Cá por casa, a árvore ficou na caixa, não saiu de lá como forma de protesto contra os "atrasos" nos acabamentos (da casa nova, entenda-se). E por isso resgatei esse momento aos papás e dividi-o com o afilhado. Foi amoroso o momento, não fosse no fim termos partido a Nossa Senhora e um pastor do presépio.....e "Foi a Madinha, avó!!!"...e foi mesmo! :) Mas como ele é muito amigo da Madinha, emprestou o Action Men para substituir a Senhora no presépio, era para "poteger" o Menino....é justo! :)

E foi assim este ano...venha o próximo!