Thursday, July 30, 2009

www.adoroaveiro.com

É um spot publicitário para um concorrente à câmara municipal de Aveiro. Existem vários espalhados pela cidade, é discreto e deve ser suficiente para alguns. Fez-me lembrar uma outra frase publicitária "Sou fã de Évora" que tenho escrita num autocolante, colado numa coluna de pc. Foi a minha gaija que me ofereceu e a letrinha lá de casa ficou toda indignada "como é que vocês são fãs disto!??!". Não sou fã de Aveiro. Não adoro Aveiro. Não é a cidade da minha vida. Mas por agora vai ter que chegar. Uma cidade constrói-se, não "é" por si só. Como tudo na nossa vida, é reflexo da percepção que temos da realidade, da altura que passamos, das vivências que fazemos, da "quantidade" (se é que se pode medir) de alegria e felicidade que transportamos nesse momento da nossa vida. Nesta perspectiva, é fácil ser fã de Évora, cidade que pouca tristeza ou desilusão me trouxe, onde vivi os anos de Universidade, onde fiz amigos para a vida e onde vivi 5 anos em muitas e diversas (!) casas.
Estou em Aveiro há 1 ano e meio. Caminho para os 2 a passos largos e ainda tenho a sensação que cheguei ontem, que estou de passagem e que nada disto é meu. Agora começo a usufruir da cidade de uma outra forma, começo a conhecer os recantos, os "sítios que mais gosto", os caminhos e atalhos, a mobilidade e qualidade de vida que tudo isso me traz. Acho que é assim em todas as cidades. E como em tudo, temos que nos dar à oportunidade. Eu fiz isso e ontem comprámos casa. :) Acho que agora (ou quando estiver terminada, talvez seja melhor esperar que termine construção....:P ) vou viver em Aveiro. Vou deixar de me sentir de passagem e ter o meu espaço, fazer parte da cidade. Casa nova, vida nova. Consta. Assim o espero. :)

3 comments:

Luis said...

Parabéns.
É bom saber que estás a da um rumo à tua vida. Tenho plena certeza que se compraste casa, é porque é realmente isso que queres.
Sabes, tal como tu, vivi em Évora durante o ensino superior, e sei o que aquilo é... Chega-se lá e conhece-se 1001 pessoas... todos os dias há diversão e isso ajuda a que desenvolvamos logo um carinho especial pela cidade, mesmo sendo uma cidade onde nada se passa.
Agora é diferente, trabalhas 30% do dia, dormes outros 30%. Os restantes 30% terão que ser usados para fazer as coisas do dia-a-dia, e nem sempre há tempo para conhecer melhor os espaços, as gentes dessa cidade... Penso ser por isso que ainda não te sentes em casa... Mas acho que com o tempo tudo muda.

Mas, para ser sincero, não gostei muito do... "Mas por agora vai ter que chegar.".

Só espero que tudo corra bem com este novo passo da tua vida, porque és realmente alguém por quem tenho um carinho especial.

Ana Aires said...

Parabéns Osão fico feliz por terem descoberto a toca e espero poder pernoitar no futuro por esses lados e beber uns bons copos :)

Grande Beijão

Di said...

Haja alegria! E nada melhor que a alegria dos amigos para que tudo fique melhor!
Obrigada pela força e atenção! Estão no coração, vocês!

Não te preocupes com o "vai ter que chegar" é passageiro e um dia vou voltar à plenitude de poder morar onde quer que seja. Primeiro preciso de morar comigo mesma, em paz.

:)