Tuesday, June 23, 2009

Queimados

O último fim-de-semana de Maio foi em Évora, como já estava planeado (como eu gosto sempre de planear... :P ). Estavam 35 graus à sombra e eu acho que foi só para me lembrar como o Alentejo é. Foi qualquer coisinha de espectacular. Ainda me consigo sentir em casa em cada ruela, ainda gosto da sensação de sair de um espaço fechado para a rua e sentir o calor a abraçar-me o corpo de uma só vez. Ainda me consigo arrepiar quando passo em frente às portas das casas mais antigas e se sente a brisa fresca que as grossas paredes de pedra não deixam sair....ainda adoro Évora. Não morava lá, mas não abdico de passar de quando em vez, para me arrepiar de saudade, para não me esquecer que parte de tudo aquilo ainda é meu.

Desta vez foi por um motivo especial: a minha mai-nova a queimar.....e muito chorámos nós! :) Eu só de a ver me dá vontade de chorar....mas vê-la crescida, no meio dos meninos trajadinhos, de colher em punho, rodeada de amigos e fitinhas e recordações.....ui, foi choro certo! E o orgulho a crescer no peito, com a saudade, sempre a saudade......foi lindo! E orgulhosamente (novamente!) lá subi à rampa para a lançar à água (da sabedoria, dizem os entendidos)! No coração lancei-a para o futuro, com muita certeza de que vai ser uma grande mulher, uma excelente profissional e uma exemplar Engenheiiiiiiiiiiiiiraaaaaaaaa. :) Sempre fez juz ao nome e por isso DOMINA :P

E recordar todo aquele "ritual", reler as fitas, chorar mais, ouvir os acordes da Tuna que faz tempo nos claustros, encontrar amigos que não via há anos......tenho a dizer que não é na nossa queima que aproveitamos mais, é depois. É quando já passámos por isso, é quando não temos que controlar tudo à nossa volta e não sentimos o calor dos últimos anos às costas, é quando estamos lá para disfrutar, para apreciar e chorar se tiver que ser. E foi isso mesmo que fiz. :)

Agora acho que só para a do mega Xonxo :) porque a descendência ficou-se por ali e todos já foram ao banho. Obrigada gaija, pelas últimas sensações proporcionadas aqui à "cota".....e parece que foi ontem que entrava na água ao som daquele coro fantástico - "Oh Di tás velhaaaaaaaaaaaaaaa".... - e tava mesmo.

3 comments:

JP said...

gostei :)

A gaija queimada! said...

E eis que um mês depois (vá... quase dois... :p) parei! parei pra ler e pra reler e ainda tive tempo de reviver... só não soltei uma lagriminha a ler isto gaija, porque secou-se-me a fonte pelos lados de Evora, como deves ter reparado! lol ;) obrigada por teres estado presente... obrigada pelo ombro amigo, pela companhia, pela alegria, obrigada por aquela mega fita que me fez chorar baba e ranho... Ainda bem que lá estiveste, porque celebrar todo o caminho sem ti, não faria sentido gaija! :*
Estou a fazer as malas e logo aterro na Tugolândia outra vez... espero ver-te em breve breve breve ohhh pessoa dos planos ocupadissima :)
Adoro-te ohh supéeeeee gaijaaa!!!! miss u :*

Di said...

:)

Que buéda! É, somos mesmo gaijas sentimentais que nos fartamos de chorar! Mas assim é que tem que ser, viver tudo a que temos direito :D
E deixa-te de agradecimentos, que os verdadeiros amigos são para estas coisas, para lá estarem sempre! Não podia faltar porque moras em mim. E foi monstro....não queres queimar outra vez??? Vaaahhh laaaaaaaaaaa! :)
Pois é.....a próxima é a do Pintinhas, não te esqueças de convidar a malta, oh gaijo do nuuuuuoooorte! :)
Tamos cá à tua espera! E a do Bzinho, se ele não convidar, nós vamos na mesma.....é preciso é fé!!! :)