Monday, August 25, 2008

O coração

Dizem que o coração não dói. O órgão, pelo menos. A mim dói-me qualquer coisa perto dele e ando a ver se descubro o que é.
Faz agora um ano que esta mesma dor me incomodava, e nem cheguei a saber o que era, ainda que tenha feito exames e me tenham garantido que não era coração, esse não doía. A mim dói-me. Mas dado que pensava (como a maioria das pessoas) que o coração estava do lado esquerdo do peito, também posso achar que me dói. :D A verdade é que está ao centro, entre o externo e o esófago, apenas parte dele está do lado esquerdo, assim meio tortinho!


As coisas que uma pessoa aprende em hora e meia de consulta com um cardiologista já de sua idade! É verdade, hora e meia! Eu pensava que estas coisas já não existiam, mas existem! Passo a explicar: no desespero de esperar meses (!!) por uma consulta - e já não falo no público, no privado mesmo, em clínicas onde já se paga bem! - resolvi tentar um particular independente, só para ficar mais descansada. Marquei então consulta com um Dr. qualquer cujo o contacto encontrei na internet. Hoje, ao entrar no prédio julguei logo por o aspecto que não tinha sido boa idéia ir para ali (sozinha!). Subi ao primeiro andar e vejo, de longe, um senhor a passar a meia idade, com cabelo grisalho, camisa xadrez e uma secretária muito cheia de muita coisa, muitos cartazes na parede e pensei "Deve ser uma espécie de recepção!", quando o senhor me diz que é o próprio, o médico em pessoa. O consultório - mínimo em espaço - tinha grandes pilhas de envelopes brancos espalhados por cadeiras, estantes e arquivos onde, já a abarrotar, as gavetas não fechavam. Primeiro pensamento informático: "quanto é que será que o senhor não dava para lhe informatizar isto tudo?"
Sentei-me e ele saca de imediato de um desses envelopes brancos e uma folha igualmente branca onde escreve, em ambos, o meu nome completo e contacto telefónico. Está feita a ficha! Haja eficiência!!! Quais filas à espera, quais estar de pé e ter que gritar os meus dados pessoais à senhora que está atrás do balcão e a todas que estão na sala de espera! Não, ali há privacidade e individualidade! Feita a ficha, começa uma autêntica aula de anatomia, com direito a corações "desmontáveis" e tudo! Aortas, carótidas, ventrículos, aurículos, veias e artérias, aneurismas, avc, tabaco, colestrol....o senhor falou-me e explicou-me tudo! Não que me ficasse tudo, mas como ele ia dizendo entre um fôlego e outro, "isto fica tudo como cultura geral"! Pois bem, aprende-se muito quando temos quem nos ensine! Tenho a certeza que aquele senhor é um grande médico, que, segundo o próprio "trabalha meramente por prazer, ao contrário de muitos!", comentário ao qual tive que responder que "era quase um luxo nos dias que correm". Enfim, um grande médico e senhor. Tudo isto para dizer que as aparências iludem e que, pagar por pagar, prefiro pagar e ainda aprender qualquer coisinha e sempre ter uma hora e meia de consulta, ao invés dos tradicionais dez minutos a correr!
Agora é fazer exames (que não dão para copiar!) e esperar passar com distinção!

No comments: