Tuesday, October 30, 2007

Thursday, October 25, 2007

The Last Trick





Eu quero uma varinha daquelas! Também quero fazer muitas magias e também quero o mundo com aquelas cores, que passe devagarinho e feito aos bocadinhos!
Adorei!
Thankxxx Felipão! - Pingolim, é matraquilho! :D (Esta nunca me tinha ocorrido, gostei!)

Tuesday, October 23, 2007

Isto merece um post

Eu sei que sou estranha. Que tenho sonhos estranhos. Mas isto, ultrapassa: hoje as 4h00 levantei-me porque tinha fome, fui à cozinha, comi duas bolachas com marmelada e fui-me deitar. Mas reparem, só me lembrei disto, hoje à hora de almoço quando fui a casa e olhei para as ditas bolachas. :| Isto roça o sonambulismo, nao???

sonambulismo
s. m.,
estado ou doença de quem é sonâmbulo.

sonâmbulo
do Lat. somnu, sono + ambulare, andar

adj. e s. m.,
que ou aquele que, a dormir, anda, fala e pratica os actos habituais de quem está acordado.

Mas eu acho que nem acordada fazia isto......!

É difícil

"Esta crise de vesícula fez-me bem, abriu-me os ouvidos..." - Gostei da frase! :P

Às vezes é difícil estar em todo o lado para toda a gente. É difícil chegar a todos a tempo de lhes dizer o que quero. Ontem disse muita coisa que tinha aqui guardada a duas pessoas muito especiais....fica-me a faltar uma. Consegui logicamente escrever a quem está longe e falar com quem está perto, quando ultimamente, acontecia o contrário; sentia longe quem via todos os dias e muito perto quem está a kms de distância. Por vezes os nossos caminhos distanciam-se, afastam-se, diferenciam-se, mudam...mas no fundo, estamos sempre de mãos dadas. Não me larguem a mão sem querer.....adoro-vos.

Monday, October 22, 2007

Por coincidência

Fui ver este fim-de-semana um concerto da Ala dos Namorados com o novo album, Mentiroso Normal, que até que está porreiraço! Lá na Serrrrrra sempre há qualquer coisa cultural, e ultimamente, mais até do que neste alentejo paradinho......... :(
Foi fixe sim senhores!

Friday, October 19, 2007

Sonhei....


Com um exame de FILOSOFIA. Sim, filosofia, que é em tudo o oposto à ciência da minha área. O mais estranho é que o meu pai era o professor e ainda mais estranho (que isto comigo é sempre de estranho para cima!), é que o enunciado estava escrito numa t-shirt preta. Muito normal. Portanto, estávamos todos num anfiteatro enorme, cheio de gente para fazer exame. E de repente, eu estou num escritório, sozinha, com o exame para fazer - devia ser por ser filha do professor, elitismos! :P
Então, o meu grande dilema era: cabular ou não cabular, eis a questão! Porque eu tinha cábulas em folhas A4 (discreta!), mas o problema é que cabular, naquele caso concreto, seria enganar o meu mega Pai!! Comecei por ler o enunciado, dar voltas à t-shirt preta, voltá-la do avesso, e ler o texto que lá se encontrava em letrinhas vermelhas (que é para fazer bem à vista!). Mas o enunciado era tão grande, que chegou ao fim do exame e eu ainda não tinha respondido a nenhuma pergunta! E pronto, como o tempo não era muito, eu resolvi fazer uso das minhas discretas folhas A4 de cábulas (ou auxiliares de memória!) e "adaptar" algumas respostas. No final, entreguei o exame, a minha mãe chegou e fomos todos para casa, como as famílias felizes e contentes fazem!
Paizinho......não me chumbes! :D

Alergias


Que eu tenho uma pancada monstra por estes animais felpudos, toda a gente sabe. O que muita gente não sabe é que tenho alergia a todo e qualquer tipo de felino. Aliás, a todo e qualquer tipo de animal peludo ou até mesmo os amigos com penas. Portanto, tudo o que seja animal doméstico, esqueçam! E depois de muitos anos de vacinas, comprimidos, bombas de asma e todo o tipo de tratamentos, eu continuei sempre fã de GATOS BALOFOS. :D ehehehe Persistente, ahn???
E como sempre vivi com gatos (se bem que o meu médico insistia para a minha mãe arranjar uma nova família à minha mega gata Mimosa), acabei por criar resistências às minhas alergias e ultrapassá-las. A questão é que ontem estive com um gatinho branco muito fixxe, de uns mega amigos e voltou-me a dar aquele ardor nos olhos, aquela comichão, aquele entupimento na respiração......! Portanto, conclusão: preciso de conviver mais com eles! :D ehehehehehehe

Adoro


O teu sorriso quando me vês.
O brilho nos teus olhos quando estás a brincar.
Que me desarrumes o quarto todo, porque é muito mais fixe brincar no quarto da "madinha".
O teu beicinho de birra.
As tuas bochechas molhadas e o teu snifar de ofendido.
Quando choras porque não "consegu".
As tuas "covinhas" quando te ris.
As tuas gargalhadas altas que enchem a casa.
Quando me dás beijocas sem que tas peça.
Quando me puxas pela mão e me levas para esse teu mundo encantado, onde não vale ficar triste e o limite é a nossa imaginação.

Gostamos tanto deles, pequeninos e grandes no trabalho que dão, mas que nos enchem o coração de uma forma inexplicável! Adoro-o e é só o filho do meu irmão, meu afilhado. Não dá mesmo para percebermos o que os nossos papás sentem! :)
Não há kms que nos separem, nem distância suficiente para nós. Foram 200km numa noite (outra vex!), mas não custou nadinha! ;)

Thursday, October 18, 2007

O que eu quero

O Campo
Quis agarrar a ti o mar
Quis agarrar a ti o sol
Quis que o mar fosse maior
Quis que o mar tocasse o sol
Quis que a luz entrasse em nós
Inundasse o lado frio
Quis agarrar a tua mão
E descer o nosso rio

Quero agarrar a ti o céu
Quero agarrar a ti o chão
Quero que a chuva molhe o campo
E que o campo seja teu
Para que eu cresça outra vez
Quero agarrar em ti raiz
Quero agarrar a ti o corpo
E eu quero ser feliz...

Quis agarrar a ti o barco
Quis agarrar a ti os remos
Que usamos nas marés
Quando as ondas são de ferro
Quero agarrar a ti a luta
Quero agarrar a ti a guerra
Quero agarrar a ti a praia
E o sabor de chegar a terra

Porque o mar tocou no sol
Inundou o lado frio
Porque o sol ficou em nós
E desceu o nosso rio
Por isso dá-me a tua mão
Não largues sem querer
Quero agarrar a ti o mar
Eu quero é viver.

Se tens medo da dor
Vem ver o que é o amor
Se não sabes curar
Vem ser o que é amar

Quero ver-te amanhecer.

Tiago Bettencourt


Se calhar quis de mais e levei-te a querer de menos....desculpa. Mas continuo a querer ser feliz e a querer viver, tanto.

Amo-te muito.

Wednesday, October 17, 2007

Wanda the Fish Says:

Your lucky number is 3552664958674928. Watch for it everywhere.

Passagem de Ano

Todos os anos a mesma coisa, começo sempre por dizer que vou combinar as coisas com calma, que vou programar tudo a tempo, que vamos para um sítio giro e cheio de amigos....e acabo sempre com tudo arranjado à pressa!!! Não tem sido mau, giro e com amigos tem sido sempre, que é o mais importante! Mas este ano é que é: chegar e divertir. Dispenso o dia a seguir de arrumar tudo super ressacada. Epa não, este ano é que vai ser!
Portanto, aceitam-se sugestões. :D

A loucura

Isto de trabalhar não é só gente séria e secante....se assim fosse eu estava de greve. :D Ou não.
Enfim, aqui neste pequeno local de trabalho (?), embora com pouca gente, volta e meia, sobe ao elemento mais novo um espécie de "pancada-pimba" e vai daí ouvem-se grandes hitssss como este que aqui vos deixo:






Até fica a letra, que não quero que vos falte nada!!!!


Quim Barreiros - Coisa
As mulheres têm uma coisa que o homem sempre quer
Eu conheço essa coisa pelo jeito da mulher
As mulheres têm uma coisa que o homem sempre quer
Eu conheço essa coisa, ai, ai, ai...pelo jeito da
mulher

Mulher baixinha tem a coisa miudinha
A mulher alta tem a coisa que até salta
Mulher meiguinha tem a coisa apertadinha
Mulher gordinha tem a coisa bem fofinha
Mulher gordinha tem a coisa bem fofinha

As mulheres têm uma coisa que o homem sempre quer
Eu conheço essa coisa pelo jeito da mulher
As mulheres têm uma coisa que o homem sempre quer
Eu conheço essa coisa, ai, ai, ai...pelo jeito da
mulher

A separada tem a coisa estacionada
Mulher casada tem a coisa bem treinada
Divorciada tem a coisa preparada
Mulher solteira tem a coisa de primeira
Mulher solteira tem a coisa de primeira

As mulheres têm uma coisa que o homem sempre quer
Eu conheço essa coisa pelo jeito da mulher
As mulheres têm uma coisa que o homem sempre quer
Eu conheço essa coisa, ai, ai, ai...pelo jeito da
mulher

Mulher de idade tem a coisa com saudade
A convencida tem a coisa esquecida
Mulher da vida tem a coisa conhecida
A viuvinha tem a coisa choradinha
A viuvinha tem a coisa choradinha

As mulheres têm uma coisa que o homem sempre quer
Eu conheço essa coisa pelo jeito da mulher
As mulheres têm uma coisa que o homem sempre quer
Eu conheço essa coisa, ai, ai, ai...pelo jeito da
mulher

Mulher loirinha tem a coisa alongadinha
Mulher morena tem a coisa mais pequena
A mulher macho, eu não sei o que é que eu acho
Mulher do campo tem a coisa que é um espanto
Mulher do campo tem a coisa que é um espanto

As mulheres têm uma coisa que o homem sempre quer
Eu conheço essa coisa pelo jeito da mulher
As mulheres têm uma coisa que o homem sempre quer
Eu conheço essa coisa, ai, ai, ai...pelo jeito da
mulher

Mulher vaidosa tem a coisa bem cheirosa
A malcriada tem a coisa mal lavada
Mulher severa tem a coisa sempre a espera
Mulher bondosa tem a coisa apetitosa
Mulher bondosa tem a coisa apetitosa

As mulheres têm uma coisa que o homem sempre quer
Eu conheço essa coisa pelo jeito da mulher
As mulheres têm uma coisa que o homem sempre quer
Eu conheço essa coisa, ai, ai, ai...pelo jeito da
mulher

Friday, October 12, 2007

Se não

for agora que pinte as unhas de rosa fúshia, então quando será?

Wednesday, October 10, 2007

Abraços

Ontem fiz 200 km para ir jantar a casa dos meus pais. Tudo bem, não é assim tão longe, mas ir às 20h e vir às 00h já é qualquer coisinha! Custou-me um bocadinho a viagem para lá, até ia a pensar que se calhar era um bocadinho "loucura" ir já tão tarde e depois ter que voltar logo. Depois cheguei, e quando acabei todos os abraços e beijocas e miminhos dos papás e dos manos, pensei "Já valeu a pena!" aliás, valeu a galinha toda!! :D Já tinha saudades daquela família de gente louca, onde toda a gente grita e refila com alguma coisa, onde há tanto de louco como de terno. Confesso que na viagem de regresso, até me caiu uma lagriminha de orgulho. Nos dias de hoje, é quase um luxo viver assim numa família a roçar o perfeitinhu! Adoro-vos a todos!

Monday, October 08, 2007

Para recordar





Os bons velhos tempos! Onde se pode dizer que tudo era mais saudável, pelo menos os que viveram nessa época dizem. Mas isso é como tudo, cada um diz o que quer, e acabamos como os nossos pais ou avós, com o "antigamente é que era..." sempre no início das frases. Os tempos mudam, é certo, e na minha opinião há sempre um equilíbrio possível de se viver, desde que, como disse, haja O equilíbrio. Difícil é, por vezes, encontrá-lo....

Estou

...nessa fase difícil da tarde de todos nós, que é a digestão. :|

Tuesday, October 02, 2007

Piaçá ou Piaçaba?

Epa este gaijo é genial! Sou super fã! :D Eu nem sabia que essa palavra existia, mas pelo que consta,

piaçá

s. m., Bot.,
nome de duas palmeiras que produzem fibras empregadas no fabrico de vassouras;
vassoura de piaçaba.

piaçaba

s. m., Bot.,
nome de duas palmeiras que produzem fibras empregadas no fabrico de vassouras;
vassoura de piaçaba.


Com Piaçá não vamos lá!

Sonhei....

Outra vez com coisas estranhas....talvez fosse melhor contar os sonhos normais, o pior é que não tenho desses! :D
O de hoje supera todas as expectativas e só me lembrei dele umas horas depois de ter acordado. Sonhei que andava à deriva no mar, sozinha, e que de repente apareceu um tubarão enorme, cheio de dentes afiados na boca que me começou a engolir, mas muito lentamente. Quando já só tinha a cabeça de fora da boca do gigante tubarão ele parou, como que encravado, com a língua de fora e eu fiquei ali.....dentro do tubarão, só com a cabeça de fora! Depois saí para fora de água (não sei muito bem como) e o corpo do tubarão tinha-se moldado ao meu....e estava ali, como que de um fato de carnaval se tratasse, com a pele do tubarão colada à minha e a sua cabeça pendurada atrás da minha, quase como se fossemos um só (bonito!). No sonho, tinha plena sensação de estar apertada dentro da pele do tubarão e de me sentir molhada quando saí da água. Consigo ter estas percepções nos sonhos, bem como me lembrar de cores, de cheiros, de sensações físicas....não deixa de ser estranho!
Quando cheguei a casa, o meu super Pai foi buscar um alicate - quase uma tesoura de podar - e, como se aquilo fosse tudo muito normal, como se tivesse pisado uma pastilha elástica que trouxesse para casa, cortou toda a pele do tubarão que estava envolta em mim e senti um alívio, como um respirar fundo.

E pronto, foi mais uma aventura durante o sono descansado que tive! Assim vale a pena, aliás, vale a galinha toda :D Dormir e ainda viver grandes aventuras subaquáticas! :D

Monday, October 01, 2007

Perna Longa

Nada me serve.....!

Aparição

Ontem acabei de ler a Aparição ("Finalmente...!!", dirão alguns :P), de Vergílio Ferreira. Não gostei. Para além de o próprio autor se dirigir directamente ao leitor - o que, pessoalmente, não aprecio num livro -, todo ele se perde em filosofias próprias, pensamentos interiores a ele mesmo onde, por vezes, nós próprios nos perdemos sem compreendermos todo aquele significado pesado e sofrido que nos passa - aliás, acho que já esta descrição, por si só, é fruto disso mesmo! Posto isto, resta-me lembrar-me da minha professora de Português de 12º ano e agradecer-lhe por ter escolhido o Memorial do Convento, de José Saramago, como livro de estudo para esse ano. Ainda que me tenha indignado (que nessa altura era uma pessoa muito indignada com a vida!) com o senhor-que-não-fazia-pontuação - e depois nos descontavam a nós 0,5 valores por cada erro ortográfico/pontuação -, acabei por ler uns quantos livros desse mesmo senhor (ainda que continue indignada e sem perceber porque é que o senhor do Nó-bel não faz pontuação - pelo menos a correcta e portuguesa!) e já decidi que o próximo livro a ler será dele também: Ensaio sobre a Lucidez que, se prometer tanto como o da cegueira, vai ser fantástico. Já agora, um obrigadinho aos meninos que mo ofereceram, são uns queridos! ;)
Mas enfim, ainda sobre a Aparição....como o senhor é "lá da terra", pode ser que ainda lhe dê uma segunda oportunidade...sugestões?

Adorei

A menina queria muito, então o menino correu o mundo à procura e encomendou só pra ela :D É assim, o amor tem destes "caprichos"(?). Vaaaaaaaaaaahhhh também não fui assim tão exigente! :P ehehehehe
Queria mostrar-vos, mas é mesmo difícil encontrar videos ou mesmo as músicas, aqui fica um site onde se podem ouvir um pininhu das músicas, só para ficarem a saber do que falo. A minha preferida é Calling All Cars e já me ameaçaram de trabalhar sozinha numa sala escura se não parar de a cantar (tipo chuveiro :P)..... I wanna thank you, thank you.... lalalalalalaaaa