Thursday, September 27, 2007

Bruno, o terceiro

Hoje morreu o terceiro peixe do Bzão, Bruno III. Acho que é por isso que morrem todos, pelo nome... ou isso, ou porque ninguém lhes muda a água! :D eheheheheh
Deixa lá Bzao, vou-te oferecer um daqueles de encher, esses sobrevivem no lodo e tudo! :)

Wednesday, September 26, 2007

Fases

Cada vez mais acredito que a vida é feita de fases, seja a de quem for (eu decido! - eu disse que era de decisões!!). Fases essas que podem (ou não) ser limitadas por idades, vivências, momentos que nos fazem ver, crescer, decidir, temer, chorar, acreditar...sentir. Há momentos que mudam a nossa vida, todos já os tivemos, consciente ou inconscientemente. É aí que começa uma nova fase. Há fases que propositamos, outras que nos surpreendem. O mais difícil, mas que realmente importa, é sabermos viver com elas: ou aceitá-las, porque são irremediáveis, não dependem de nós, viver com elas da melhor forma, esperar que passem e aprender com isso; ou fazer-lhes frente, contrariá-las até serem o que pretendemos. É importante reagirmos, é importante sentirmos a nossa própria vida, o que fazemos com ela. É importante olhar para trás e reconhecer fases na nossa vida, fases com pessoas, connosco próprios, com hábitos, manhas, "pancadas", medos, feitios, formas de estar, formas de vestir, formas de comer, de beber...tantas. É importante olhar para trás e traçar uma linha, unindo vários pontos dispersos e fazermo-nos o que somos e conhecer o que somos, reconhecer a forma desenhada quando unimos esses pontos. A isto, a meu ver, se chama evoluir, crescer interiormente, conhecer mais um pouco do que somos, para nós e para os outros.

Eu tive um jantar que me fez juntar alguns pontos, traçar muitas linhas, em questões de segundos, é certo, mas chegaram para conhecer uma série de mudanças. As mudanças não têm que ser necessariamente más. Foi bom reviver, relembrar, foi bom rir, sentir saudades. O Estrelício lá foi mais uma vez, levou com ele algumas saudades, mas deixou outras tantas. Assim não vale! Um brinde, ao Pintinhas "Volta Pintinhas que estás perdoado!" :P Força puto que vai tudo correr bem!! ;)

Update

Trabalhar (tem dias) que é chato, mas sem rede é MUITO pior. Estou nessa situação há dois dias, daí a minha ausência. Certo é, que a minha concentração naquilo que estou a fazer, aumentou. Não digo a minha produtividade, porque parece mal :P
De qualquer forma, vou tentar actualizar aqui umas postagens nos tempos livres. Prometo!

Inteligente


Faz este mês um ano que deixei de fumar. Eu sou uma mulher de decisões (que eu sei, já decidi! :) ), mas esta foi, sem dúvida, a mais inteligente! Muito bom.
Agora noto, quando saio à noite, naqueles bares onde supostamente haveria uma zona de não-fumadores e outra de fumadores, mas que nem chegam a ter condições para os seres humanos, quaisquer deles, respirarem, sabem? Enfim, quando saio à noite, noto, no outro dia, uma ressaca de tabaco, uma sensação de intoxicação...e penso em como estão (ainda) os meus pulmões. Estranho. Foram preciso oito anos de intoxicação intensiva e voluntária para chegar a esta conclusão....bom, mais vale tarde que nunca! :D

Tuesday, September 18, 2007

Wanda the Fish Says:

You work very hard. Don't try to think as well.

Adoro este peixe! :)

Incorrigíveis

Descobri ontem os Incorrigíveis, um projecto das Produções Fictícias e da Sapo do qual constam vídeos "caseiros" produzidos por alguns engraçadinhus mais conhecidos. É engraçado o formato e todos os dias sai um diferente, consoante o dia da semana: à segunda um do Ricardo Araújo, à terça um do Bruno Nogueira, à quarta do José Diogo Quintela, à quinta do Herman e à sexta parece que convidam alguém igualmente divertido. São giros, passem por lá!

Friday, September 14, 2007

Penguin Cafe Orchestra

O Bzão mostrou-me isto




e eu adorei! Não sei explicar, mas transmite-me esperança, força, futuro, perspectiva....! Muito bom!

P.S. Tentem ignorar aquela carpete deprimente e as flores decorativas ao lado do piano :D eheheheheh

Thursday, September 13, 2007

Sonhei....

Com o fim do mundo. Tudo bem que tenho sonhos estranhos, mas este, acho que até à data, foi mesmo o mais estranho! Do início (pelo menos do que me lembro): eu estava na minha empresa que, no sonho, era um grande prédio branco com vários andares. Em cada andar existiam consultórios de várias especialidades e sei que o meu pai e outros dois amigos meus de infância (que não vejo mesmo há muito tempo!) estavam no dentista. Eu estava sentada num banco de pedra na rua com a minha mãe, o meu gaijo e uma tia da minha mãe muito velhinha (que também não vejo mesmo há muito tempo....acho que foi para dar o toque dramático, quase como nos filmes - há sempre alguém mais sensível!!). Estávamos à espera do meu pai e de repente, começam a cair do céu umas carrinhas vermelhas, do género de uns jipes em ponto pequeno, daqueles de brincar. Quando as vimos cair, fugimos para dentro do prédio, entrámos por uma porta de madeira que dava directamente à cozinha da empresa e ficámos lá dentro, a ver pela janela a evolução das coisas. Depois de as carrinhas caírem todas, veio um bando de gaivotas que se organizavam em bandos mais pequenos, desenhando no céu formas de gaivotas gigantes - muito normal!! Nós continuámos dentro dessa cozinha, a espreitar pelas persianas e de repente vem uma nave gigante, com muitas luzes, que emitia um som repetitivo e ensurdecedor. Adormecemos e no dia seguinte, de manhã, vasculhámos aquela cozinha por comida e encontramos umas bolachas e leite que bebemos numas canecas brancas que estavam na cozinha. Lembro-me ainda de haver loiça para lavar no lava-loiças - deve ser trauma! Mantinhamo-nos escondidos e ao mesmo tempo ligávamos para o meu pai para saber se estava tudo bem, mas não conseguíamos falar com ele. Decidi subir até ao andar onde o meu pai estaria para o procurar. Quando cheguei à sala de espera, para além de estar cheia, estava tudo em pânico. O mais estranho é que me sentei à espera....devia precisar de dar um jeitinhu à dentuça! Estava sentada num lugar ao lado da porta e de repente, entra um género de robot de que tenho uma imagem completamente nítida na minha cabeça; se tivesse jeito para o desenho reproduzia! Era um género de "microfone-gigante" cinzento....daqueles antigos, com uma base e tinha umas rodinhas nessa base com que se movimentava. Ainda mais estranho é que tinha um botão atrás, na parte superior da base e quando ele passou a porta e ficou de costas para mim, gritei na sala "Olha o botão, o botão!!!" e logo alguém desligou o grande botão on/off vermelho que o robot-microfone tinha!
E pronto, acordei, tensa e com uma sensação de medo....mas com a consciência que tinha salvo o mundo! Não se esqueçam de desligar o botão vermelho..... :)

Eu durmo, mas salvo o mundo....assim tá bem!

Tuesday, September 11, 2007

Spider-Pig

LOL! É só o que tenho a dizer. Devia haver uma lei que obrigasse as pessoas a verem este filme. :D eheheheheeh






MONSTRO!

Tuesday, September 04, 2007

Hoje

Faço 1 ano de contracto....não sei se é bom, se é mau..... :| lol

Sonhei....

Com ratos. Não com um ar tão assustador como este, mas era um rato. Era pequenino e já ontem sonhei com o mesmo, mas não me lembro tão bem. :| Hoje sonhei que estava na casa de uma amiga - que que não conhecia - e que era loira - !!!!!! - com o cabelo muito comprido. Pelos vistos ainda era estudante porque estava para ir embora de férias e estava com muita pressa, mas ela precisava de ajuda a arrumar as últimas coisas em casa dela. Eu estava a ajudá-la, quando vi um rato!! Pequenino, mesmo muito pequenino, mas pela reacção era normal encontrá-los em casa. Por último, como se não fosse estranho o suficiente, ela pediu-me que lhe lavasse a cabeça, mas reparem: na cozinha. Com uma daquelas torneiras que saiem do sítio e com - novamente estranho - detergente da máquina da roupa. Epa....não! LOL! Então acordei com aquela sensação do detergente da máquina, viscoso e denso, a escorrer-lhe pelos compridíssimos cabelos loiros....!

Enfim.....sem comentários!