Wednesday, August 29, 2007

Kate Nash

Também gosto desta menina, particularmente desta música:





Foundations

Thursday night, everything's fine, except you've got that look in your eye
When I'm telling a story and you find it boring,
You're thinking of something to say.
You'll go along with it then drop it and humiliate me infront of our friends.

Then I'll use that voice that you find annoying and say something like
"Yeah, intelligant imput, darling, why don't you just have another beer then?"

Then you'll call me a bitch
And everyone we're with will be embarrased,
And I won't give a shit.

My finger tips are holding onto the cracks in our foundation,
And I know that I should let go,
But I can't.
And everytime we fight I know it's not right,
Everytime that you're upset and I smile.
I know I should forget, but I can't.

You said I must eat so many lemons
'Cause I am so bitter.
I said
"I'd rather be with your friends mate 'cause they are much fitter."

Yes, it was childish and you got agressive,
And I must admit that I was a bit scared,
But it gives me thrills to wind you up.

My finger tips are holding onto the cracks in our foundation,
And I know that I should let go,
But I can't.
And everytime we fight I know it's not right,
Everytime that you're upset and I smile.
I know I should forget, but I can't.

Your face is pasty 'cause you've gone and got so wasted, what a suprise.
Don't want to look at your face 'cause it's making me sick.
You've gone and got sick on my trainers,
I only got these yesterday.
Oh my gosh! I cannot be bothered with this.

Well, I'll leave you there 'til the morning,
And I purposly won't turn the heating on
And dear God, I hope I'm not stuck with this one.

My finger tips are holding onto the cracks in our foundation,
And I know that I should let go,
But I can't.
And everytime we fight I know it's not right,
Everytime that you're upset and I smile.
I know I should forget, but I can't.

And everytime we fight I know it's not right,
Everytime that you're upset and I smile.
I know I should forget, but I can't.

Um bocadinho agressiva, mas às vezes também faz bem......!

Não percebi

Não percebi mesmo. "Não há interesse, logo não há amizade". Não percebo como é que alguém que me conhece há pelo menos 6 anos consegue dizer que faço amizades por interesse. Nem os conhecidos....se calhar não me conheces, ou não queres mesmo conhecer. Não percebo. Houve ali uma necessidade, de atenção? De razão? De afirmação? Não percebo porque nunca tivemos esta conversa antes, porque tinha que ser puxada ali, onde o vinho me estava a saber bem, onde a conversa era agradável, onde a companhia era querida, onde éramos todos amigos e todos nos conhecíamos. Não percebo.
Mas hoje também não a vamos ter, vai esperar por amanhã, por depois. Já há demasiada coisa complicada há minha volta. Hoje não.

Porque "tu és mais do que aquilo que pensas e eu sou mais do que aquilo que vês".

Tuesday, August 28, 2007

Descobri

Xavier Rudd. Eu e o mundo, pelo menos o país, pela antena3. Está muito fixxe! Ainda não conheço o album, apenas esta música. Ouvi-a pela primeira vez num dia muito especial, cheio de emoções e ficou-me logo no ouvido. Aqui vos deixo o que se chama de "One man show", muito bom!






Let Me Be

oh,uhuh,uh,uh
Let me be now oh oh let me be cause
I want to be free now ow ow free to see now
I want to walk away ow ow let me feel my feet
Let me be free

Time and time and time we see
These acts against humanity
Each for each and each will bleed
And shed blood for what they each believe
On and on and on we go
Some will you see and some won't be
True to you and truth will lead
You to a sense of o now..peace

Let me be now oh oh let me be cause
I want to be free now ow ow free to see now
I want to walk away ow ow let me feel my feet
Let me be free

Time and time and time we see
These acts against humanity
Each for each and each will bleed
And shed blood for what they each believe
On and on and on we go
Some will you see and some won't be
True to you and truth will lead
You to a sense of o now... peace

Let me be now oh oh let me be cause
I want to be free now ow ow free to see now
I want to walk away ow ow let me feel my feet
Let me be free

wanna be wanna see would u let me go
let me be now ow ow let me be
wanna be wanna see would u let me go
oh,let me be now um um let me cause i wanna be free
oh i wanna be free ...yeah sa sa sa sa free free now free ...oooww oooow oooow...free free free


O assobio






Acordei com esta música ontem e este assobio não me sai da cabeça desde aí! Ta porreiro o video! ;)

Monday, August 27, 2007

Medo

"Há um coisa em comum entre o corajoso e o cobarde: o medo." Ter medo não significa ser cobarde. Depois percebi que a diferença estava na atitude.

Thursday, August 23, 2007

Parabéns!


Parabéns a este cantinho cor-de-rosa que faz hoje um ano de vida! Obrigada a todos os que por cá passam, por terem contribuído para todos os momentos, bons, menos bons, péssimos :D
Que continue assim...cor-de-rosa!

Eu sei que alguns queriam um bocadinhu menos cor-de-rosa, mas....eeeerrrr.....não vai dar. :D

Boooooooooring

Se trabalhar já é chato, imaginem numa cidade vazia, sozinha numa sala de uma universidade também vazia.......eu não fui feita para isto! :S

Wednesday, August 22, 2007

...

Oh I know that I left you in places of despair
Oh I know that I love you, so please throw down your hair
At night I trip without you, and hope I don't wake up
'Cause waking up without you is like drinking from an empty cup

The Animals Were Gone
Damien Rice

Tuesday, August 21, 2007

Rato

Duas coisas ao estrelício:

1. Ficou um rato na tua casa :D Pequenino e cheio de medo de nós, quase tanto como o que o Bzinhu tinha dele :D eheheheheeh Muito BOM!

2. Roubámos uma estrela do teu guarda-fatos; brilhavam todas lá dentro, achámos que podíamos trazer para casa, quase como um prémio de consolação pelo carregamento! É uma forma de te ter mais perto amiguinhu ;)

Continua a brilhar puto! :P

Voltei

Voltei....yupi. :|
Ja foi ontem o primeiro dia de trabalho, mas esse foi tão dormente que para escrever me deu. Hoje já estou de volta, aos blogues, ao msn, ao firefox, ao thunderbird....bom, e ao trabalho também! :P ehehehehe

Soube bem, soube tudo bem, até o mais estranho. O sol, as viagens, os amigos, o xonxo, as sestas no sofá, o norte, a chuva...houve de tudo nestas férias, foram misturadas, de sentimentos, estados de espírito, lugares, pensamentos, até o tempo esteve misturado em opostos de quente e frio. Acho que foi isso: quente e frio. As minhas férias tiveram tanto de quente como de frio....talvez por o frio ter ficado para último ainda o trago um pouco em mim.

Ficam boas saídas, frases, momentos...


"Eu nunca mais vou tirar a minha pastilha porque eu vou levar para a escola para mostrar aos meus amigos" - O xonxo quando comeu a sua primeira pastilha!

"Aquele deve ser flexível...." - a Orca

"Queres batatas, ou you don't like?" - uma americo-tuga

"Vai ser bom, ser grande como o pai...." - a Orca, LOL!