Tuesday, April 24, 2007

Junto à ponte.....

Não consigo parar de postar sobre esta criatura genial e como todos os dias descubro mais um bocadinho, aqui fica uma já muito antiga (1982), mais velha que eu, mas que só agora descobri...desculpa lá Jójó! :)


Oh pra ele aqui nesta altura.....tao novinhuuuu!!!!



Junto À Ponte

Ela contou-me
Que foi sempre só
Quando eu lhe falei de amizade
Que muitos homens gozaram o corpo
Desde não sei já que idade
Como gostava de os acariciar
De cada vez que eles vinham

Pela noite
Estremecendo devagarinho
Pela noite
Estremecendo devagarinho

Quando eles partiam já de manhã
Bebia à solidão de um trago
Comprava o dia
Com pouco dinheiro
O seu amor não é pago

Tu que duvidas da sua verdade
Assenta o lugar e a hora

Porque amanhã
Ela vai estar à tua espera
Amanhã ela vai estar à tua espera

Tu que foste traído
Tu que atraiçoaste
Tu que deixaste cair
Aquilo em que acreditaste
Tu desesperado que andas a monte
Não faltes ao teu encontro

Amanhã, ao fim da tarde,
Junto à ponte
Amanhã, ao fim da tarde,
Junto à ponte

Leva o corpo e leva a dor
Não esqueças os teus desejos
Sê violento e se acaso te aprontei os teus beijos
Mas não te faças rogado
É por ti que ela espera
Vai tu ao seu encontro

Amanhã, ao fim da tarde
Junto à ponte
Amanhã, ao fim da tarde
Junto à ponte

Jorge Palma

Verão


Tenho saudades do Verão......daquele que vem para ficar, quente, com cheiro a flores e a noites calmas e amenas... que me faz ter saudades de ouvir Jorge Palma e tunas, como antes na Rua d'Aviz.....

Thursday, April 19, 2007

Eu vou!


E por falar em não saber para onde se quer ir, amanhã eu vou para a Guarda para o terceiro Encontro Nacional de Estudantes de Informática....e já vamos no terceiro, parece que foi ontem!!


No país das maravilhas.....


"Alice - Podes dizer-me, por favor, como hei-de sair daqui?
Gato - Isso depende muito do sítio para onde quiseres ir.
Alice - Não me interessa muito para onde....
Gato - Nesse caso, podes ir por um lado qualquer.
Alice - Desde que vá a qualquer lado.
Gato - Oh, para que isso aconteça, tens que caminhar muito."

Não é estranho isto estar no meu blog, até porque é um GATO e é COR-DE-ROSA....pode TUDO!!! :D ehehehehehe Estranho, é isto ser o início de um livro técnico de informática sobre Planeamento de Sistemas de Informação.........bom, mas ficam a saber que isto é comum nas organizações, que querem ir a qualquer lado, não sabendo bem como nem para onde e também podem ficar a saber que o PRAXIS não tolera isso (só o nosso mesmo aqui em Évora!). Eu diria que esse é mesmo o mal do mundo: estar cheio de gente a querer ir para qualquer sítio e a contentar-se com isso.....

Tuesday, April 17, 2007

Everybody's Free to Wear Sunscreen!





Ladies and Gentlemen of the class of ’99...

Wear Sunscreen

If I could offer you only one tip for the future, sunscreen would be it. The long term benefits of sunscreen have been proved by scientists whereas the rest of my advice has no basis more reliable than my own meandering experience…I will dispense this advice now.

Enjoy the power and beauty of your youth; oh nevermind; you will not understand the power and beauty of your youth until they have faded. But trust me, in 20 years you’ll look back at photos of yourself and recall in a way you can’t grasp now how much possibility lay before you and how fabulous you really looked….You’re not as fat as you imagine.


Don’t worry about the future; or worry, but know that worrying is as effective as trying to solve an algebra equation by chewing bubblegum. The real troubles in your life are apt to be things that never crossed your worried mind; the kind that blindside you at 4pm on some idle Tuesday.

Do one thing everyday that scares you

Sing

Don’t be reckless with other people’s hearts, don’t put up with people who are reckless with yours.

Floss

Don’t waste your time on jealousy; sometimes you’re ahead, sometimes you’re behind…the race is long, and in the end, it’s only with yourself.

Remember the compliments you receive, forget the insults; if you succeed in doing this, tell me how.

Keep your old love letters, throw away your old bank statements.

Stretch

Don’t feel guilty if you don’t know what you want to do with your life…the most interesting people I know didn’t know at 22 what they wanted to do with their lives, some of the most interesting 40 year olds know still don’t.

Get plenty of calcium.

Be kind to your knees, you’ll miss them when they’re gone.

Maybe you’ll marry, maybe you won’t, maybe you’ll have children, maybe you won’t, maybe you’ll divorce at 40, maybe you’ll dance the funky chicken on your 75th wedding anniversary…what ever you do, don’t congratulate yourself too much or berate yourself either – your choices are half chance, so are everybody else’s. Enjoy your body, use it every way you can…don’t be afraid of it, or what other people think of it, it’s the greatest instrument you’ll ever own..

Dance…even if you have nowhere to do it but in your own living room.

Read the directions, even if you don’t follow them.

Do NOT read beauty magazines, they will only make you feel ugly.


Get to know your parents, you never know when they’ll be gone for good. Be nice to your siblings; they are the best link to your past and the people most
likely to stick with you in the future.

Understand that friends come and go,but for the precious few you should hold on. Work hard to bridge the gaps in geography in lifestyle because the older you get, the more you need the people you knew when you were young.
Live in New York City once, but leave before it makes you hard; live in Northern California once, but leave before it makes you soft.

Travel.

Accept certain inalienable truths, prices will rise, politicians will philander, you too will get old, and when you do you’ll fantasize that when you were young prices were reasonable, politicians were noble and children respected their elders.

Respect your elders.

Don’t expect anyone else to support you. Maybe you have a trust fund, maybe you have a wealthy spouse; but you never know when either one might run out.

Don’t mess too much with your hair, or by the time it’s 40, it will look 85.

Be careful whose advice you buy, but, be patient with those who supply it. Advice is a form of nostalgia, dispensing it is a way of fishing the past from the disposal, wiping it off, painting over the ugly parts and recycling it for more than it’s worth.


But trust me on the sunscreen...



Muito bom mesmo....thankxx Pintinhas ;)

Thursday, April 12, 2007

Perfeito!





The Animals Were Gone Lyrics

Woke up and for the first time
The Animals were gone
It's left this house empty now
Not sure if I belong
Yesterday you asked me
To write you a pleasant song
I'll do my best now
But you've been gone for so long
The window's open now
And the winter settles in
We'll call it Christmas
When the adverts begin
I love your depression
And I love your double chin
I love most Everything
You bring to this offering

I know that I've left you
In places of Despair
I know that I've loved you
So please thrown down your hair


At night I dream without you
And hope that I don't wake up
Cos waking up without you
Is like drinking from an empty cup

Woke up and for the first time
The animals were gone
Our clocks are ticking now
So before our time is gone
We can get a house
And some boxers and on the lawn
We can make babies and accidental songs

I know I've been a liar
and I know I've been a fool
I hope we didn't break it
But I'm Glad we broke the rules
My cave is deep now
Yet your light is shinning through
I cover my eyes
Still all I see is you

by Damien Rice

Tuesday, April 10, 2007

Responsabilidade


Gostava de perceber porque é que as pessoas não crescem....ou por outra, porque crescem?! Já percebi que o grau de maturidade ou de responsabilidade difere de pessoa para pessoa. Varia com as experiências de cada um, varia com a educação de cada um.
As experiências são largamente abrangentes, porque aí pode variar a inteligência que cada um dedica a cada situação, a cada experiência para que possa tirar o máximo e o melhor de cada momento da vida. Varia ainda com as experiências a que nos propomos, com os desafios que aceitamos, com as oportunidades a que nos dedicamos. Depende de querermos avançar, de nunca nos deixarmos estagnar, por motivo algum, nem porque estamos bem, nem porque nunca vamos conseguir estar melhor. Nunca parar.
A educação é igualmente abrangente, porque não se limita apenas às quatro paredes onde se vive, onde se cresce, envolve todo o mundo à nossa volta, amigos, familiares, colegas, conhecidos, toda a sociedade é "culpada" na educação de cada um. É certo que se torna temporal, é certo que não é estático nem linear, mas também não se pretendem pessoas estáticas, nem iguais!


Então porque é que não há mais maturidade, responsabilidade? Não serão as pessoas autónomas para parar e pensar? Não serão corajosas o suficiente para avançar, decidir, fazer, seguir....??
Para esta problemática tenho pensado muitas vezes em duas soluções: medo e comodismo. Embora por vezes antagónicas, quando juntas, estas duas características que tantas vezes seduzem o ser humano, levam ao caos interior. E mesmo quando não reparamos que passam por nós, mais tarde, causam graves danos interiores. A diferença, é que uns têm quem lhes ampare a queda e outros preferem cair ainda assim.
O medo impede-nos tantas vezes de agir que quase nos controla, quase na sua plenitude e deixa o tempo passar, quase mais depressa que o normal e evitar aquela situação, aquela mudança, aquela fase da vida. O medo controla-nos de uma forma que chega a ganhar forma dentro de nós, quase que a fazer parte do nosso interior e simplesmente nos habituamos a ele, a não se capaz.....por medo.
E isto junta-se o comodismo, o sentimento de "estar bem assim", o contentamento com aquilo que temos agora, não percebendo que tantas vezes podemos ter tudo o resto à nossa volta, não percebendo que o mundo continua a girar, ainda que com opiniões diferentes das que conhecemos, ainda que com experiências que nunca vivemos, mas que existem, estão lá.....e podem ser nossas.
O comodismo associa muitas vezes a uma mentalidade conformada, fechada, quadrada....ou pelo menos, leva a caminhar para lá, ainda que devagar, lentamente, como uma manha silenciosa. Leva-nos a pensar que sabemos tudo, que o nosso conhecimento é supremo e suficiente para o nosso mundo, não nos apercebendo que não existe tal coisa, não existe "o nosso mundo", existe o mundo à nossa volta, repleto de gente com conhecimento sempre novo, sempre outro. Existe uma falta de valores, de moral, de responsabilidade, de maturidade, de humanismo.

Coisas como medo, conformismo, comodismo, egoísmo, egocentrismo passam por mim todos os dias, vivo com eles.....tenho pena.

Thursday, April 05, 2007

Antecipação

Ainda nem é Páscoa, mas antecipei-me e ontem senti-me jovem novamente.....ou por outra, nem senti!!! :D Dada a popularidade do último post - é bom saber que os meus amigos se preocupam com a minha juventude mental, thankxx pessoal! ;) - achei que podia postar a informar do meu estado cabeçudo, nesta manhã de trabalho - sorte ser só manhã mesmo! - que começou bem cedinho, às 9h15 logo com tudo a estoirar à minha volta. Isto tudo porque "é só um cafezinho no Manel". Eu já devia saber que isto não existe, não existe "SÓ um cafezinho no Manel", é como o Pai Natal, não existe! - Lamento a desilusão para quem não sabia que realmente não existe.
E o mais engraçado é que o menino que "traz-mais-uma-rodada-que-são-os-teus-pais-que-pagam" está neste momento ferradinho, no quentinho, naquele edredon monstruosamente quente e fofo :D E quem trabalha cá está, uns mais acima que outros, mas todos com cabeças que custam a caber neste universo....vah!

Mas pronto, é Páscoa (podia ser Natal!) e é início de férias (fim-de-semana prolongado, entenda-se! Que isto quem trabalha perde o conceito de férias para "fim-de-semana prolongado", que é como quem diz, quatro dias!) e portanto, pode-se tudo!!

Mas compensou tudo, uma mesa de amigos, uns copos (altos, baixos, cheios, meio cheios....), muita conversa, muitas beijokas e muitas, muitas gargalhadas! Adorei pessoal, é bom rever-vos, é bom sentir-vos de novo amigos, é bom saber que as verdadeiras amizades são intemporais, que estivemos juntos hoje e que se estivermos juntos daqui por 3 anos, vai ser igual, como se fosse amanhã!! É bom saber que os anos passam, todos mudámos, crescemos e que, embora de formas diferentes, todos nos compreendemos e começamos a fazer parte de uma nova era, de uma nova fase onde tudo é mais crescido e responsável....mas as camadas, essas tão sempre lá! ;)

Muito bom.....tinha saudades do Senhor Manel, esse GRANDE mito Eborense! ;)

Sinceramente pessoal, acho que ainda estou bêbeda! :S