Monday, October 23, 2006

::

Quero dizer-te que alguém disse:

'Convém ter presente que todas as relações se constroem gradualmente, com muitas crises pelo meio, muitos momentos de vontade de desistir e outros de enlevo a tocar a plenitude.'

Bonito!
Não há que ter medo, há que "ter presente (...)" que vamos "tocar a plenitude"....vens?

Tuesday, October 17, 2006

A vida....


Quero dizer-vos para viverem, ao máximo, sempre!! Importa é viver, experimentar, acreditar, querer....importa sentir!
Até ao último dia, vamo-nos sentir, nunca esquecer que existimos não apenas nós, mas TODOS. Vamos viver?

A vida....

Ainda que um punhado de oportunidades,
de que nos vale?
Se não tivermos liberdade

De pensar, decidir,
compreender ou contestar?
De que vale se não se souber arriscar?

Ainda que levada a correr,
a grandes passos largos,
não serão parvos

Os que a querem ver
arrumada, terminada, normalizada
sem antes a ter

Abraçado, de frente
Ou mesmo que perdido entre a gente,
A tenha de alguma forma.....sentido?!

Wednesday, October 11, 2006

Margaridas

Quero dizer-te que gosto muito de ti....como há muitos anos atrás! Que te admiro da mesma forma como quando as tuas pétalas reflectiam o brilho dos teus olhos, claros de certezas ou escuros de contradições. Agora vejo-te desfolhar, lentamente numa dúvida de bem ou mal querer....de não-querer.
Quero dizer-te que estou cá...como há muitos anos atrás....como todos estes anos. Que vou recolher todas as tuas pétalas, de todas as cores, e reconstruir o arco-íris do teu sorriso....como o "paraíso no teu olhar"....
Quero dizer-te que vais ficar para sempre na minha vida.



"Ficar (canção de embalar)

Ah se eu pudesse não partir
Eu ficava aqui contigo
Se eu pudesse não querer descobrir
Ah se eu pudesse não escolher
Eu juro era este o meu abrigo
Se eu pudesse não saber que há mais

Mas como pode a Lua não querer o céu?
Como pode o Mar não querer o chão?
Como pode a Vontade acalmar o desejo?
Como posso eu ficar?

Ah se eu pudesse não partir
Eu ficava aqui contigo
Se eu pudesse não saber que há mais

Mas como pode a Lua não querer o céu?
Como pode o Mar não querer o chão?
Como pode a Vontade acalmar o desejo?
Como posso eu ficar?

Como posso eu ficar?"

By Margarida Pinto in Apontamento

Acredito

Quero dizer-te que acredito em ti.