Friday, December 29, 2006

Feliz 2007!!!!

Quero dizer-vos "Felizzzz 2007!!!"
E já se passou mais um ano, 2006 já lá vai! Como o tempo passa depressa...!!


Fazendo um retrospectiva, 2006 foi um ano muito positivo, muita coisa mudou na minha vida: acabei o meu curso, comecei a trabalhar, mudei de casa duas vezes até construir um templo de amizade feito de paredes de aço, encontrei o Homem da minha vida :P....nem me consigo lembrar de coisas más ou "menos boas", o que é bom! Devemos sempre deixar presentes as lembranças boas, as más ensinam-nos o que têm a ensinar na altura, depois devem desvanecer e o nosso rumo deve seguir, mais sábio, mais forte!
A todos os que estiveram presentes mais um ano na minha vida, a todos os que, ainda que mais longe, permanecem no meu coração, a todos os que se afastaram, a todos os que se reaproximaram, a todos os que fazem parte deste meu mundo cor-de-rosa, enfim, a todos os que me aturam :D o meu "muito obrigada" e "para o ano há mais"!!

A todos desejo muita força para viver, para pôr para trás as coisas menos boas, para relembrarem mais uma vez as boas, e para entrarem neste novo ano com um sorriso, libertos de tudo o que já passou, prontos para maisssss uma voltinhaaaaaaaaa nesta roda que é a vida! Bonito! :D

Sejam felizes!

Thursday, December 28, 2006

Balancem

Quero dizer-vos para balançarem.....balancem a vida, sem medos, é vossa!





Ao meu Bzinhu, "Balança aí puto!!"
Aos Osos que vão balançar para outra cidade e me vão fazer tanta falta.....!
Balancem muito! ;)

Gosto!

Quero dizer-vos que gosto deleeeesssssss! MUITO! Para os (poucos) que ainda não sabiam! E quanto mais BALOFOS, melhor :D

Gosto deles todos.....como não gostar!?!?!?













Eu keruuuuuuuuuuuuuuuuu!!!!!

Ta quase.....

Quero dizer-te que está quase quase.....só mais um bocadinho!

Wednesday, December 27, 2006

Simples, mas bom!

Quero dizer-te que está bonito! Embora seja daqueles mails que saiem iguais pa toda a lista de emails, este soube-me a doce, como que um Natal com açúcar, ora vejam:

Que o Pai Natal te traga sonhos embrulhados em realidade,
Que a felicidade brilhe no teu olhar,
E a magia da vida te envolva em doces momentos.
Feliz Natal.
Simples, mas bom....não acharam? Ou fiquei sensível com a época?

Friday, December 22, 2006

Valham-nos os amigos!



Quero dizer-vos "Obrigada" !! Por me segurarem a cabeça, por me ouvirem ao telefone, por me aturarem nas minhas resmunguices, por não perderem a paciência! ;)
Valham-nos os amigos, até quando o nosso corpo nos falha!

Tuesday, December 19, 2006

Feliz Natal!!


Quero desejar-vos um Feliz Natal e um Fantástico Ano Novo!!

Espero que a todos este ano reserve muitas surpresas boas, muitas mudanças boas, muitos momentos bons! Que 2007 venha de encontro a todos os vossos desejos e que este Natal seja cheio não só de prendinhas embrulhadas em papéis luminosos e fitinhas coloridas, como também as nossas prendas interiores sejam oferecidas e recebidas da melhor forma! A todos os amigos um grande beijo e a minha maior prenda: a minha eterna amizade!

Sejam Felizes!!

Monday, December 18, 2006

Peixe

Quero dizer-te que também tenho um peixe, num aquário virtual!! Mas não sou eu que falo com ele (de manhã!) é ele que fala comigo! Hoje disse-me:

"This will be a memorable month -- no matter how hard you try to forget it."

Eu acredito! :D

Venham coisas memoráveis, venham memórias,
venham vivências,venham experiências,
venham amizades, venha o amor (uma e outra e outra e outra vez, venha de vez!),
venham sorrisos, venham gargalhadas, venham ex-namoradas,
venham partilhas, venham despedidas,
venham lágrimas, venham piadas,
venham gritos, venham conflitos,
venha emprego, venha desemprego,
venham alegrias, venham bons momentos,
venham todos os nossos tormentos,
venha um "ganda concerto",
venham antigos amigos, voltem novos amigos,
mas venham sempre, amigos!!

Venha mais um mês, venha mais um ano, venha a vida de uma vez!!

Anjo da Guarda

Quero dizer-te que temos um anjo....


"Eu tenho um anjo, anjo da guarda
que me proteje de noite e de dia.
Eu não o vejo, eu não o oiço,
mas sinto sempre a sua companhia.
Eu tenho um guarda que é um anjo,
que me proteje de noite e de dia.
A toda a hora e em todo o lado,
posso contar com a sua vigia.
Não usa armas, não usa forças,
usa uma luz com que ilumina a minha vida."

Que está sempre connosco, que nos ajuda, que acredita em nós, que é nosso, que trazemos sempre no coração, que nos proteje e nos ilumina, que nos quer felizes!

Vou transformar cada lágrima num sorriso, cada dor num abraço, cada falta num beijo.
Vou apertar o teu coração, vou dizer-lhe baixinho que não tenha medo, vou ficar com ele.
Vou partilhar esse sentimento, vou atenuar essa dor.
Vou ser feliz contigo, vou amar-te até ao infinito.

Estás sempre comigo......

Thursday, December 07, 2006

Parabéns a mim!! :P


P.S. Bzinhu desculpa o plágio, mas tinha um gato e eu hoje posso tudo :D

Thursday, November 30, 2006

Arroz

Quero dizer-vos que isto é fantástico! Adoro ele....!! :P
Não querendo abusar de youtube este mês, aqui vos deixo Damiano Arroz, o "nosso depressivo"!!




Friday, November 24, 2006

Sinto

Quero dizer-te que sinto....

saudade

do ant. soedade, soidade, suidade < Lat. solitate, com influência de saudar

s. f.,
lembrança triste e suave de pessoas ou coisas distantes ou extintas, acompanhada do desejo de as tornar a ver ou a possuir;
pesar pela ausência de alguém que nos é querido;
nostalgia;

Bot.,
nome de várias plantas dipsacáceas e das respectivas flores;
(no pl. ) lembranças afectuosas a pessoas ausentes;
(no pl. ) cumprimentos.

E só na nossa língua é que se pode exprimir numa só palavra, na mesma simplicidade que se sente.....bonito!

Friday, November 17, 2006

Voar

Quero dizer-vos que eu também vou conseguir!! Mesmo não tendo asas, também vou conseguir voar!
Às vezes é assim, as árvores tornam-se pesadas, as cordas menos fortes...e o esforço é sempre maior e só nosso....mas eu hei-de conseguir: voar mais alto, mesmo que a alguns pareça que estou a cair.

Alguém vem??



Friday, November 10, 2006

"Às vezes o amor....."

Quero dizer-vos que ele é assim buedaaaaa......tem um xilofone e tudo!!!!!

Sérgio Godinho no seu melhor.......



Monday, October 23, 2006

::

Quero dizer-te que alguém disse:

'Convém ter presente que todas as relações se constroem gradualmente, com muitas crises pelo meio, muitos momentos de vontade de desistir e outros de enlevo a tocar a plenitude.'

Bonito!
Não há que ter medo, há que "ter presente (...)" que vamos "tocar a plenitude"....vens?

Tuesday, October 17, 2006

A vida....


Quero dizer-vos para viverem, ao máximo, sempre!! Importa é viver, experimentar, acreditar, querer....importa sentir!
Até ao último dia, vamo-nos sentir, nunca esquecer que existimos não apenas nós, mas TODOS. Vamos viver?

A vida....

Ainda que um punhado de oportunidades,
de que nos vale?
Se não tivermos liberdade

De pensar, decidir,
compreender ou contestar?
De que vale se não se souber arriscar?

Ainda que levada a correr,
a grandes passos largos,
não serão parvos

Os que a querem ver
arrumada, terminada, normalizada
sem antes a ter

Abraçado, de frente
Ou mesmo que perdido entre a gente,
A tenha de alguma forma.....sentido?!

Wednesday, October 11, 2006

Margaridas

Quero dizer-te que gosto muito de ti....como há muitos anos atrás! Que te admiro da mesma forma como quando as tuas pétalas reflectiam o brilho dos teus olhos, claros de certezas ou escuros de contradições. Agora vejo-te desfolhar, lentamente numa dúvida de bem ou mal querer....de não-querer.
Quero dizer-te que estou cá...como há muitos anos atrás....como todos estes anos. Que vou recolher todas as tuas pétalas, de todas as cores, e reconstruir o arco-íris do teu sorriso....como o "paraíso no teu olhar"....
Quero dizer-te que vais ficar para sempre na minha vida.



"Ficar (canção de embalar)

Ah se eu pudesse não partir
Eu ficava aqui contigo
Se eu pudesse não querer descobrir
Ah se eu pudesse não escolher
Eu juro era este o meu abrigo
Se eu pudesse não saber que há mais

Mas como pode a Lua não querer o céu?
Como pode o Mar não querer o chão?
Como pode a Vontade acalmar o desejo?
Como posso eu ficar?

Ah se eu pudesse não partir
Eu ficava aqui contigo
Se eu pudesse não saber que há mais

Mas como pode a Lua não querer o céu?
Como pode o Mar não querer o chão?
Como pode a Vontade acalmar o desejo?
Como posso eu ficar?

Como posso eu ficar?"

By Margarida Pinto in Apontamento

Acredito

Quero dizer-te que acredito em ti.

Sunday, September 10, 2006

Breathe Me

Quero dizer-te que estou contigo, sempre....eternamente! Mesmo quando "te apetece" e eu não compreendo, mesmo quando o teu mundo te pula na cabeça e eu não vejo, mesmo quando te tentas isolar no teu cantinho caótico, tão escuro, para ninguém ver, mesmo quando te escondes de ti própria, quando ficas à espera que tudo passe, despercebido (ou não), mas que passe....estou sempre contigo, sem censuras, apenas com a verdade de quem te adora incondicionalmente........sempre!
Não quero que tenhas medo, quero que vivas....
Não quero que mudes, quero que sintas.


"Breathe Me

Help, I have done it again
I have been here many times before
Hurt myself again today
And, the worst part is there's no-one else to blame

Be my friend
Hold me, wrap me up
Unfold me
I am small
I'm needy
Warm me up
And breathe me

Ouch I have lost myself again
Lost myself and I am nowhere to be found,
Yeah I think that I might break
I've lost myself again and I feel unsafe

Be my friend
Hold me, wrap me up
Unfold me
I am small
I'm needy
Warm me up
And breathe me

Be my friend
Hold me, wrap me up
Unfold me
I am small
I'm needy
Warm me up
And breathe me"

By Sia in Colour the Small One

Bom de se ouvir.....

Thursday, September 07, 2006

Hoje

Quero dizer-te que és meu, que vamos ser felizes, que nada nos pára, que acredito.
Quero dizer-te que por vezes não sei lidar com a distância, com a dor de não comunicar, com a ausência de expressão nas palavras que nunca vão substituir um beijo.....nunca vamos desistir, pois não?

Hoje


Hoje quero-te mais do que sempre,
Aqui, agora, eternamente.

Hoje preciso de ti,
na minha vida, no meu mundo.
Saber que existes dentro de mim...

Hoje quero acordar ao teu lado.
Sorrir no teu olhar,
Saber que nunca te vou magoar.

Hoje quero voltar a sentir
os teus braços envoltos
no meu corpo, que não te deixa dormir...

Hoje quero mergulhar no verde
claro do teu mundo de esperança
e amar como uma criança

Hoje quero sentir o teu sabor,
embalar o nosso sonho
e nunca mais sentir esta dor

Da distância que vive entre nós,
que vamos ganhar,
a que nos faz lutar

Por te abraçar,
adormecer na doçura do teu corpo
e nunca mais acordar....

Hoje quero-te, como nunca....como sempre.


Eu não vou.....

Monday, September 04, 2006

Monday, August 28, 2006

Exortação

Quero dizer-te que tens medo de viver. Deixas-te de arriscar, de querer, de sentir...quase de viver. Pensei que fôssemos amigos, mas ficas-te là atràs, agarrado ao egoísmo do sentimento inexistente que te consome a personalidade....o mesmo que consumiu a nossa amizade. Agora vais saber o mesmo que os outros: nada.

"Exortação

Em nome do teu nome,
Que é viril,
E leal,
E limpo, na concisa brevidade
— Homem, lembra-te bem!
Sê viril,
E leal,
E limpo, na concisa condição.
Traz à compreensão
Todos os sentimentos recalcados
De que te sentes dono envergonhado;
Leva, dourado,
O sol da consciência
As íntimas funduras do teu ser,
Onde moram
Esses monstros que temes enfrentar.
Os leões da caverna só devoram
Quem os ouve rugir e se recusa a entrar.
"

Miguel Torga

És tu quem tem que viver com isso para o resto da vida......

Wednesday, August 23, 2006

Aos pais....

Quero dizer-te que vos AMO.
Aos pais, aqueles dois seres que às vezes nem parecem humanos, que nos amam incondicionalmente, que compreendem tudo, que sabem tudo (mesmo quando nós não sabemos que sabem), que têm sempre uma resposta, que acreditam mais em nós que nós próprios, que dizem sempre pacientemente "eu avisei-te", que estão sempre lá e que eu amo muito! Enfim, eu sempre disse.....os pais têm sempre razão!

Desde o primeiro passo.

A insegurança de cair, a oscilação de todo o mundo à nossa volta, o desequilíbrio do chão.
O aprender a cair. O choro que vinha seguir... A doçura de um abraço quente.
O correr, o tropeçar, a queda rente, a lágrima de desilusão.
A primeira palavra, o primeiro grito... de alegria, tristeza... aflito!
O primeiro “não consigo...” o vosso primeiro “consegues!”
A primeira zanga: “ será que não percebes?!”
A primeira construção.
O primeiro “quartel” de combate... de imaginação!
A primeira brincadeira: os fatinhos das bonecas, os carrinhos de madeira.
O primeiro medo, aflição... o coração na mão.
A primeira consciência, o pensamento castigado.
O nosso eterno amor e um infindável obrigado!



A vocês, que me deram vida, forma, ser......tudo o que sou!

Amigo...

Quero dizer-te que és um bom amigo, que sempre estiveste cá, mesmo quando nenhum de nós via....
Agora que sarámos a vista, que descobrimos a pura amizade, quero dizer-te que te *adoro* e que vou carregar contigo o negro que te persegue até que ele desista de nós....porque nós não desistimos!
Irmãozinhu, vamos pintar uma aguarela de alegrias partilhadas?

Fugir....não?

Quero dizer-te que tive medo. Também, quem é que nunca teve medo?....do escuro que seja? Eu tive medo de sentir...mas quem não tem? É certo que fugir não é solução para nenhum problema, mas por vezes os meus pensamentos voam em direcção a essa saída que nunca passa do papel (ou do teclado :p)....



Fugir


Queria perceber-te para me encontrar.
Queria perceber o que é amar.
Queria saber onde esse sentimento me leva,
porque não te entrega...


Queria tanto conhecer o depois,
o amanhã, o longe, o perto.
Queria não ter este aperto,
quando tento compreender.


Queria fazer parte de ti.
Queria ter-te aqui.
Queria dizer-te que sim,
que amanhã sim....


Queria que acreditasses,
que me levasses.
Queria me apaixonar
e nunca mais chorar....

Queria poder fugir,
queria te fazer sentir
a minha força, a minha fé,
queria dizer-te o que és...



Queria acreditar em mim.


Hoje quero fugir, mas na direcção oposta...... e leões.................

Perfeito....

Quero dizer-te que foi tudo perfeito. Hoje sorrio.

Branco

E tudo se cobriu de brancura,
como a nossa inocência: pura.
Ficamos nós, transparentes,
quentes.


Ficou o abraço apertado,
o beijo desejado.
Ficaram duas mãos enlaçadas,
como se não houvesse nada.


E sentir o calor
das tuas lágrimas,
conhecer essa tua dor,
afastá-la com amor.


Partilhar a tua vida,
bebê-la de exaustão.
E ver sentida
toda aquela paixão.


Ler o teu pensamento
e embriegar-me de sensações.
Saber que não estavas dentro
das minhas soluções


Doeu.
E saber que não és meu,
nem teu.


És uma divisão de sentimentos
a uma distância de palavras.
Uma decisão de pensamentos
com datas marcadas.


Sou quem sente saudade,
mas que tem que viver
nesta realidade...
De verdade.

Querer...

Quero dizer-te que ceguei de tanto querer, não sei ao certo o quê....nunca vou saber!

Queria apenas que me ouvisses, que não fugisses
Que me deixasses apenas contar, chorar...
Queria apenas saber se sentes correr,
se queres por querer!

Onde está agora o teu sorriso?
Se alguma vez chegaste a sorrir...
Quem quer agora fugir?

Talvez devesse apenas esquecer,
deixar morrer...
Quem sabe até matar, não deixar mais notar
Que aquilo que sinto vai mais longe do que acredito.

Apenas não controlo, solto.
Quem me dera controlar, parar
Pensar, evitar sofrer.

Quem me dera acreditar que te perdi
para não mais esperar que voltes a ti.
Quem me dera não viver aqui
e poder sentir-te dentro de mim...



Sê feliz......mas inteligente!

Quebrar...

Quero dizer-te que foi bom ter quebrado, na altura certa...tenho cá tudo guardado e foi positivo.

Agora que parti...

Foi tão bom ter-te perdido
Como ter-te encontrado.
Tudo o que tinha vivido,
Fica agora muito mais marcado

No meu viver, conhecer,
Na minha experiência de amar
Em todo o meu poder
Perdoar....

Na verdade, houve um dia
Que não fui tua, de ninguém.
Apenas pedia...
Que houvesse alguém

Que me ouvisse,
Que acreditasse
No que vivíamos!
Não notando eu

Que não mais eras meu.
Apenas existias ali,
Não para nós,
Para ti.

Um dia decidi partir,
Dizer ao mundo que amar
Não era mais o meu sentir,
Dizer que parar
Não era desistir...


Vês, foi bom!